2018/01/18

Guindaste fabricado pela Fundição de Massarelos (2/4)


Mais um conjunto de fotografias do guindaste fabricado pela Fundição de Massarelos, que se encontra na margem direita do Rio Douro, antes de se chegar à Foz do Douro.

Hoje damos especial destaque ao sistema de contra-peso que há neste guindaste, de modo a poder elevar cargas mais pesadas.

Para isso, um dos lados do guindaste foi prolongado e nele foi colocada uma caixa metálica com rodas, que era cheia de areia ou pedras.

Quando o objecto / a mercadoria a levantar fosse mais pesada, afastava-se a caixa referida do fulcro, de modo a criar mais equilíbrio ao ser usada.
Para que a caixa não tombasse, o fundo está mais baixo do que os eixos das rodas, fazendo deste modo baixar o ponto de gravidade

Para que não houvesse o acaso de a caixa de areia sair das calhas onde deslizava, as extremidades acabam viradas para cima.

Actualmente a caixa metálica esta com algum lixo que para lá vais sendo atirado.
Vista de cima dá para ver a espessura do metal usado.

Antes de terminarmos, deixamos uma amostra do que podem ver numa próxima publicação sobre esta peça de arqueologia industrial portuguesa.

O sistema de rodas dentadas e de correntes metálicas que moviam a carga para cima ou para baixo.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário