2010/10/26

Vilar Cucciolo Ducati (Oficina João Ferreira)


Este ciclomotor Vilar Cucciolo Ducati remonta ao início da produção de ciclomotores da marca Vilar.

Trata-se de uma bicicleta que foi melhorada para que pudesse suportar um motor.
Por esse motivo o quadro está arqueado na parte superior para suportar tensões e, ao mesmo tempo, criar uma linha contínua desde a parte dianteira do quadro, até ao eixo traseiro.

Está cheia de pormenores, como era característico na época.
O cachimbo do guiador tem um trevo de 4 folhas, supostamente para dar sorte.
Na imagem anterior podemos ver o carburador Weber Cucciolo.

Na testa do quadro esteve um tempos um emblema da Vilar, que pelo contorno parece ser muito idêntico ao que a marca usou até mais tarde, com uma águia na parte superior.

A bola da manete de mudanças parece ser original, pois diz: Quick por Cucciolo.

O motor era da Ducati e tinha 48 cc. Curiosamente este motor tem um número certo, será o primeiro de uma série? Na imagem o número foi omitido.

A base das manetes dos travões estava soldada ao guiador, e não presa, o que em caso de queda do ciclomotor poderia representar um gasto superior. Se ficasse danificado, teria de se substituir todo o conjunto.

O depósito de combustível parece ter sido mudado de lugar. Aparentemente deveria estar preso nos suportes que aparecem na imagem anterior.

Nos guarda-lamas aparece este símbolo FNB - Fábrica Nacional de Bicicletas (mais tarde F.N.B. e M. - Fábrica Nacional de Bicicletas e Motocicletas ?...), da firma Vilarinho e Moura, L.da.

O escape seguia a linha de todo o conjunto, pelo que era de dimensões muito pequenas e estava colocado perpendicularmente em relação à orientação do Vilar Cucciolo.

Para qualquer assunto relacionado com este ciclomotor, contactar a oficina de João Ferreira:
Telem.: 965205686 - João Ferreira
Telem.: 916817999 - Nelson Ferreira
Ou usar o e-mail: n_a_ferreira@hotmail.com

2 Comentários

lassale disse...

bom dia, tenho bicicleta tipo pasteleira da marda "Cidália", com o mesmo simbolo do trevo no avanço do guiador

julio pedro soeiro da costa disse...

Tenho um a andar e um motor em peças

Falamos

Enviar um comentário