2011/11/15

Pachancho C 503 no Classic' Auto 2011


Ir a eventos que são menos conhecidos ou afamados, pode ser um risco, mas também tem as suas vantagens. É mais ou menos como ver uma pintura de Hieronymus Bosch, no Museu do Prado em Madrid ou no Museu de Arte Antiga em Lisboa. No primeiro andamos ao encontrão e ao pontapé para ver a pintura, no segundo podemos espreguiçar-nos ou dançar um trecho de Fandango ao som de Kuduro sem que tenhamos contacto físico (diria mesmo até contacto visual...) com alguém.
Mas é claro que em Madrid é que é... O resto é conversa.
Este parece ser um desses casos, no Classic' Auto, realizado em Caldas da Rainha esteve à venda esta Pachancho C 503, que podia ser vista e fotografada sem problemas.

Podíamos ver o motor da marca Pachancho.

O emblema Pachancho C-503 na tampa da caixa de ferramenta...

E muitos outros pormenores que uma máquina deste tipo tem. Vejam por exemplo a peça situada por cima do guarda-lamas da frente, onde está colocado o claxon da buzina.

Na parte de trás também havia que ver, não só o farolim arredondado que esta motorizada fabricada em Braga tem, mas também a chapa com o símbolo da Pachancho.

Reparem na peça que prende o guiador à forqueta da roda da frente... Bem como no desenho da forma do guiador e na relação que tem com a outra peça...

O depósito tinha o típico friso decorativo em forma de anzol deitado, pintado de verde, com filete a dourado, sobre fundo preto.

1 comentário

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze disse...

Por mais que as marcas do tempo se façam presentes com a ferrugem, ainda conserva uma beleza dificilmente igualável por um motociclo utilitário moderno.

Enviar um comentário