2011/08/08

Catálogo Facar - Fábrica Nacional de Tubos Metálicos - 1958


Mais uma preciosidade que partilhamos com os nossos leitores e mais uma marca no blogue.
Trata-se da Facar - Fábrica Nacional de Tubos Metálicos, de António de Carvalho & Filhos, Lda., em Leça da Palmeira.

O catálogo é datado de 1958 e assim que se abre, pode-se ver uma fotografia aérea da fábrica, bem como apreciar o tipo de encadernação usado.

As instalações tinham um tamanho considerável, destacando-se no conjunto uma chaminé e um depósito de água. A área circundante foi esbranquiçada, de modo a realçar as instalações fabris.

Na página de apresentação pode-se ver a gama de produtos fabricados, que vão dos tubos metálicos, às argolas, passando pelos perfis.

Nesta página há um carimbo da empresa Cabral & Silveira, Lda. de Lisboa, que certamente era agente da marca na capital.

Mas alguns dos nossos leitores já estão a pensar: Mas esta empresa fez algum tipo de veículo nacional? Se não fez, qual a pertinência deste catálogo neste blogue?

A pertinência da apresentação deste catálogo justifica-se pela informação existente em algumas das páginas, que referem produtos para bicicletas e para motorizadas. Ainda que não conheçamos a carteira de clientes, adivinha-se que a EFS, a Famel ou a Vilar, tenham usado produtos desta marca.
Na página anterior é referido que tubos de aço redondos, soldados electricamente, não estriados, eram usados em escapes de motores.

Já os tubos de aço S. M. Redondos soldados electricamente e estriados a frio, recozidos ou não, eram usados especialmente em bicicletas e motocicletas.

E os tubos de aço redondos, cónicos eram usados para escoras de bicicletas.

A última página mostra outros produtos que não estão relacionados com o mundo das rodas nacionais, mas a título de curiosidade, mostramos os tubos curvos para leitos, os tubos de aço curvados para descargas de autoclismos e para irradiadores de aquecimento eléctrico.

Na contra-capa há a referência ao número de exemplares impressos (5.000), na Costa Carregal, do Porto.
O catálogo tem mais páginas, pelo que estudiosos da marca ou dos produtos da mesma, poderão solicitar uma cópia do catálogo, devendo para esse efeito realizar o contacto utilizando o e-mail.

Agora já sabem, quando quiserem dar um ar de mesmo entendidos em bicicletas e em motorizadas, em vez de se limitarem a dizer: "Esse farolim não é daí", ou "Esse autocolante não tinha esse tipo de letra", podem dizer: "Este tubo do quadro é da Facar!".

Saber mais:
- A FACAR e o seu fundador, António de Carvalho - Blogue Memória da Indústria

2 Comentários

Anónimo disse...

Gostei de saber um pouco mais sobre os tubos e perfis da FACAR. Fiquei uma vez mais triste, pois o Blogg "Memória da Indústria" era realizado pela equipa do museu da Industria do Porto. o Museu , da responsabilidade da Câmara do Porto e da AEP encerrou e a sua associação (entidade Gestora) dissolvida em 2010. O trabalho que ali se fazia parou. Será que vamos a tempo de o retomar ?????

J.B. disse...

Boa noite.
Obrigado pelo comentário.
Por favor contacte-me via e-mail, pois estou aberto a projectos que divulguem o nosso património.

Cumprimentos

JB

Enviar um comentário