2019/03/20

2.º Passeio Bicicletas Clássicas Gumirães - Viseu


Mais outro evento relacionado com bicicletas antigas que divulgamos no Rodas de Viriato, é o 2.º Passeio Bicicletas Clássicas Gumirães, em Viseu.
Está agendado para dia 11 de Maio de 2019, tendo a concentração prevista para as 9 horas e 30 minutos, na Capelinha do Sr. dos Aflitos.
Pede-se aos participantes que venham trajados à antiga, havendo brindes para os mais originais.
As inscrições são até dia 6 de Maio 2019.
Mais informações na página do evento no Facebook.

Continue lendo...

2019/03/19

XVI Automobilia Ibérica da Moita / 2019 - Reportagem


Decorreu no último fim-de-semana a XVI Automobilia Ibérica da Moita / 2019 e como já é tradição, aqui estamos a apresentar a reportagem geral do que vimos. Ficam guardadas para um futuro próximo as publicações que tratam de veículos de forma individual, para que possam ser apreciados detalhadamente.

Na vida nada é permanente, nem estático, e um evento como este, muito menos.
A sensação que tivemos em edições anteriores de que cada vez há menos automóveis na feira tem vindo a consolidar-se (não queremos com isto dizer que ter de haver automóveis dentro dos pavilhões).

Mas o que é certo é que temos caminhado para aqui. Ainda somos do tempo em que os jipes Portaro e os jipes UMM marcavam presença dentro e fora do espaço.

Na verdade até somos do tempo em que automóveis Citroen FAF e Sado 550, marcavam presença no exterior do espaço, pelo que não podemos deixar de sentir falta deles. A realidade é que o espaço disponível não é muito e, seja pela mão do HACETS / organização; seja pelos feirantes / expositores ou seja pelos visitantes, este aspecto tem mudado ao longo dos anos.

Em compensação, outros veículos e outros pontos de interesse justificam a deslocação e a visita à XVI Automobilia Ibérica da Moita / 2019.
Mais uma vez era possível ver muitas motorizadas de fabrico nacional, restauradas e por restaurar.

No que diz respeito às motorizadas restauradas, nas imagens podemos ver, entre outras, uma Famel XF-17, uma Confersil 604 GT 6V e uma SIS Sachs V5.

Já em relação às motorizadas por restaurar, uma SIS Sachs ao lado de uma Motalli Braga, bem que enchiam o olho de quem gosta de marcas portuguesas.

Em relação a coleccionáveis relacionados com a temática dos transportes, a oferta também era grande, havendo brinquedos, ferramentas, acessórios e máquinas antigas.

Material impresso, fossem revistas, jornais, folhetos, manuais e catálogos, também havia muito. O mais difícil seria mesmo encontrar aquilo que se procurava. Nesse caso nada como ir com tempo para descobrir o que nos falta e ir perguntando aos vendedores se podiam ajudar na tarefa.

E as surpresas estavam lá, fossem um pisa-papéis do primeiro centenário da Metalúrgica Duarte Ferreira, fossem uma velha fotografia de um autocarro nacional, fosse a chapa que nunca pensámos conseguir encontrar, quanto mais comprar!

Isto sem esquecer os tempos de conversa com conhecidos, amigos e desconhecidos, sobre o mundo dos veículos antigos.

Enquanto não chega a XVII Automobilia Ibérica da Moita / 2020, podem relembrar como foram as edições anteriores:
- XV Automobilia Ibérica da Moita - 2017
- XIV Automobilia Ibérica da Moita - 2017
- XIII Automobilia Ibérica da Moita - 2016
- XII Automobilia Ibérica da Moita - 2015
- XI Automobilia Ibérica da Moita - 2014
- X Automobilia Ibérica da Moita - 2013
- IX Automobilia Ibérica da Moita - 2012
- VIII Automobilia Ibérica da Moita - 2011
- VII Automobilia Ibérica da Moita - 2010
- VI Automobilia Ibérica da Moita - 2009
- V Automobilia Ibérica da Moita - 2008
- IV Automobilia Ibérica da Moita - 2007
Até lá!

Continue lendo...

2019/03/18

Autocolante antigo Tabor Mecânica


A Tabor produziu (e produz!) selins em couro para bicicletas, mas muitos não sabem que esta marca já vendeu triciclos, bicicletas; bem como forquetas e amortecedores para motorizadas.

Este autocolante Tabor Mecânica leva-nos para esses tempos mais antigos, em que a gama de produtos fabricado era mais abrangente e diversificada.

Está impresso a preto, sobre branco, tendo forma vertical.

Continue lendo...

2019/03/17

Porta-chaves Casal - Veículos Casal, Lda


Numa futura exposição sobre motorizadas nacionais será possível fazer uma secção de folhetos antigos, outra de catálogos, outra de emblemas, outra de alfinetes de lapela, outra de cinzeiros e outra de porta-chaves de marcas portuguesas. O material tem aparecido a bom ritmo e em muito bom estado.

Nas imagens podemos ver um porta-chaves antigo, feito em metal e couro, com publicidade à Casal, tendo no interior a referência ao distribuidor Veículos Casal, Lda., com os telefones 27557/8, de Aveiro.

Um luxo para colocar a chave da motorizada Casal!

Continue lendo...

2019/03/16

Letras / legenda / símbolo "Alter" de jipe UMM


O aspecto dos jipes UMM Alter não é resultado do acaso, mas sim do trabalho de Carlos Galamba, que foi o responsável pela concepção desta nova versão de jipe que a UMM pretendia produzir.

Por muito simples que o veículo possa parecer, houve um trabalho de equipa que fez com que os diferentes aspectos fossem estudados, e pensadas diferentes soluções para o fabrico industrial deste jipe português.

Como em qualquer veículo, de qualquer marca, há sempre adeptos e entusiastas que gostam de possuir certas peças ou elementos do veículo. Mascotes, emblemas, símbolos, grelhas, estão entre os mais procurados.
No caso dos jipes UMM estas letras / legenda / símbolo "Alter" em plástico preto, com acabamento a cinza / prateado, está neste grupo.

É um componente usado, com sinais da idade e da utilização (cliquem nas fotografias que elas ficam maiores).

Continue lendo...

2019/03/15

Publicidade à Belsan em 1981


Já aqui falámos muitas vezes da Belsan, que fabricava grupos eléctricos para bicicletas (dínamos, faróis e farolins). Nesta publicidade de 1981, vemos que a Belsan também fabricava faróis de nevoeiro e longo alcance para automóveis, sendo "Os únicos com garantia absoluta contra defeitos de fabrico".
A Belsan - Metalurgia de Sangalhos, L.da, tinha o Apartado 2, de Sangalhos, e publicou este anúncio na publicação V Grande Prémio ABIMOTA - Duas Rodas (de 1981).

Continue lendo...

2019/03/14

6.° Passeio de Bicicletas Antigas de Budens


O cartaz do 6.° Passeio de Bicicletas Antigas de Budens / 2019 já é conhecido!
Realiza-se no concelho de Vila do Bispo (Algarve), tendo este ano o ponto de encontro no Burgau Sports Certre às 10 horas. Depois segue-se o passeio em bicicletas antigas, com o percurso:
- Burgau;  Praia da Boca do Rio; Budens e termina no Restaurante "Mira Rio".
As inscrições para almoço neste passeio podem ser feitas até dia 8 de Maio, usando os seguintes contactos de telemóvel: 919.104.280 ou 910.505.437.
Como tem sido tradição, pede-se que os participantes estejam vestidos à antiga, de acordo com a sua bicicleta. Este ano no Passeio de Bicicletas Antigas de Budens haverá prémios para:
- Bicicleta pasteleira mais original;
- Bicicleta pasteleira melhor restaurada;
- Melhor traje senhor;
- Melhor traje senhora.
Sempre em busca de melhorias, este ano o cartaz é bilingue, tendo a informação em português e em inglês. Deste modo pretende-se chegar até junto de habitantes oriundo de outros países e de visitantes que usem a bicicleta como meio de transporte. Não nos podemos esquecer que o Algarve já tem uma ciclovia - a Ecovia do Litoral, que passa pela zona e termina em Sagres (Vila do Bispo). Esta faz parte da EuroVelo 1, Rota da Costa Atlântica - que começa no Cabo Norte, na Escandinávia, terminando neste concelho algarvio, tendo um total de 8.186 km.

O evento é novamente organizado pela Junta de Freguesia de Budens, contando com o apoio da Câmara Municipal de Vila do Bispo, da empresa de construções e reparações de moradias Maximiano Silva Santos e do blogue Rodas de Viriato.
Mais uma vez agradecemos a Hélder Soares pela realização do cartaz!
Venham pedalar no Algarve mais tranquilo e aproveitar para conhecer o património da localidade, como a capela de Santo António que vemos na imagem anterior.

Continue lendo...

2019/03/13

Automóvel IPA 300 - 26.ª Automobilia de Aveiro / 2018 (1/2)


De pequenas dimensões e pintado de vermelho, este IPA 300 foi outro dos automóveis de fabrico nacional que esteve em exposição na 26.ª Automobilia de Aveiro / 2018 (já aqui mostrámos outros que também fizeram parte da exposição, como o Vinci GT Sport; o UMM A4; o Marlei e o Olda, entre outros).

Como não será de estranhar, aproveitámos para fotografar alguns dos pormenores deste microcarro de fabrico português, produzido em Porto de Mós.
Um desses pormenores foram as entradas de ar existentes na chapa, junto da roda traseira.

Também era possível ver os dois bancos, colocados no seu interior, de ar simples, sendo forrados com um tecido bonito e a condizer com o automóvel.

Na frente vemos que os faróis têm um aro metálico cromado, que sai da carroçaria, fazendo-os avançar em relação ao conjunto.

No pilar lateral traseiro do habitáculo vê-se um pequenos farolim, com forma semi-circular, em plástico vermelho e em metal.

Na frente não podemos ficar indiferentes ao trabalho realizado em metal para embelezamento do conjunto, com uma grelha e dois elementos horizontais, um de cada lado.

Continue lendo...

2019/03/12

Bicicleta Sirla Juventus ref. 5.01.02.02 - Catálogo bicicletas Sirla


Ao olharmos para esta fotografia publicada no catálogo antigo de bicicletas Sirla - Em cada passeio uma história de amor, vemos que no quadro aparece escrito Juventus e não Sirla. Certamente um nome algures entre um modelo de bicicleta e uma falsa ilusão de que poderia ser um produto de algum clube grande do estrangeiro.
Esta bicicleta tinha rodas 26 x 1 1/4, com pneus bicolores. Para além disso tinha grupo eléctrico, guarda-lamas e bomba de ar. Estava ainda equipada com mudanças, tendo os selectores no guiador. Em caso de necessidade podia levar pequenos volumes no suporte de mercadorias que tinha na traseira.

Continue lendo...

2019/03/11

Publicidade à Covina na revista Empresa n.º 3 - 1963


A Covina assumiu a tarefa de produzir vidros para muitos dos veículos de quatro (ou mais) rodas a motor que foram montados e dos que foram fabricados em Portugal.
Nesta publicidade divulgada na revista Empresa n.º 3, de Março de 1963, da UCIDT - União Católica dos Industriais e Dirigentes do Trabalho podemos ver a gama de vidro fabricada, a saber:
- Chapa de vidro - de 1 a 8 mm; fosca, simples e artística, impressa; armada; givrada; temperada; inestilhaçável; isolante.
- Fibras de vidro - Lã e seda - a granel em mantas, coquilhas, placas, filtros, etc.
- Mosaico de vidro - tipo bizantino - no formato 2 x 2 cm e 3 x 3 cm, em 36 cores diferentes.
- Lâmpadas fluorescentes - de tipo standard e de arranque rápido de 15 e 80 w nas cores: branca; vermelha; verde; amarela; azul e rósea .
- Ampolas de vidro neutro - Brancas e amarelas.
Podemos ainda ver que na época tinha três fábricas - uma em Santa Iria da Azoia,outra na Marinha Grande e na Póvoa de Santa Iria.

Continue lendo...

2019/03/10

Reportagem da Expo Clássicos 2019 - 3.º Salão de Veículos Clássicos e Antigos da AVCE


Aqui fica a reportagem do Expo Clássicos 2019 - 3.º Salão de Veículos Clássicos e Antigos da AVCE - Associação de Veículos Clássicos de Estremoz, que decorreu no passado mês de Fevereiro, em Estremoz.

Relembramos que a edição anterior foi em 2017.
De acordo com a informação recebida de Joaquim Mira (a quem agradecemos a colaboração), este evento contou com a presença de uma dezena de expositores de peças.

Deste modo foi possível reunir cerca de uma centena de veículos antigos expostos: cerca de 40 carros; 40 motas e os restantes eram bicicletas.

No que diz respeito às motos e motorizadas presentes no Expo Clássicos 2019, a variedade era muita, começando por um antigo ciclomotor com motor Alpino, passando pelas Famel e acabando em motos estrangeiras de cilindradas mais altas.

A entrada no recinto era grátis, pelo que não houve contabilização do número de visitantes, havendo o sentimento de que foi superior ao da última edição.

A AVCE tem dinamizado vários eventos e acontecimentos relacionadas com veículos antigos em Estremoz, pelo que a Expo Clássicos vai deixar de ser bienal e passará a ser anual.

Para além do trabalho em prol do nosso património rodoviário, a organização do evento tem desenvolvido uma vertente solidária, fazendo doações ao IPO de Lisboa; aos Bombeiros Voluntários de Estremoz; à Cruz vermelha e às IPSS (lares) do concelho.

Não esquecendo a dinamização do concelho e da região, levando ao intercâmbio de gentes, muitas vezes da vizinha Espanha.

Entretanto já começo a contagem decrescente para o Expo Clássicos 2020 - 4.º Salão de Veículos Clássicos e Antigos da AVCE.

Continue lendo...

2019/03/09

Folheto publicidade antigo da SIS Sachs - 1970


E continuamos com a divulgação de folhetos antigos das motorizadas antigas fabricadas em Portugal.
Hoje mostramos um panfleto de publicidade à gama de motorizadas da SIS Sachs em 1970.

Com o lema "S.I.S. Sachs - Um modelo para cada fim!...", vemos oito modelos diferentes de motorizadas, para diferentes fins e para diferentes públicos.
A SIS Sachs Asa D' Ouro a pensar num publico mais jovem e feminino, com uma suspensão dianteira pouco comum em termos de mercado nacional.

A SIS Sachs Minor GT também de quadro aberto, com suspensão dianteira "normal" e selim individual.

Continuando na mesma configuração de motorizada, a SIS Sachs Minor com letras colocadas diagonalmente no depósito.

A SIS Sachs Lebre com o característico emblema de grandes dimensões no depósito, onde se via uma lebre em movimento de corrida.

A SIS Sachs Turismo, com uma configuração de motorizada de trabalho.

E depois os modelos mais desportivos, como a SIS Sachs V4.

A SIS Sachs V5 Sport, com a sua decoração desportiva, cheia de autocolantes em padrão xadrez a preto e branco.

E terminamos com a SIS Sachs V5 Turismo, com as suas características malas de ferramentas.
Este folheto foi impresso na Gráfica da Bairrada - Malaposta, em Julho de 1970, tendo sido feitos 50000 exemplares.

Continue lendo...