2018/11/19

Casal K 185 - Catálogo de Peças Sobressalentes / 1975


Para venda em ficheiro digital ou fotocópia.
Continuando o trabalho de divulgação de manuais de instruções e catálogos de peças antigos, aqui fica mais outro, desta vez da motorizada Casal K185.

Este catálogo de peças é relativo ao ano de 1975 e tem 10 tabelas com a lista de peças e respectiva referência, acompanhada de um ilustração técnica de cada parte da motorizada.

Tem ainda secções com informação respeitante aos modelos fabricados para o mercado holandês e do Reino Unido.

Com a informação que nele consta fica mais fácil recuperar ou restaurar uma motorizada Casal K185. Com a referência certa é mais fácil localizar uma peça e olhando para os desenhos, percebe-se o encaixe das peças.

E para aqueles que montam toda uma motorizada e depois têm dificuldades com a parte eléctrica, esta publicação tem o esquema eléctrico da motorizada.

No verso podemos ver o emblema e a referência à Metalurgia Casal, S.A.R.L.
Quem quiser mais informações sobre este catálogo de peças sobressalentes da Casal K185, deve usar o contacto de e-mail existente na lateral direita do ecrã.

Continue lendo...

2018/11/18

XVI Automobilia Ibérica da Moita / 2019


Aproxima-se a XVI Automobilia Ibérica da Moita / 2019!
No Rodas de Viriato acompanhamos há 12 anos o panorama dos eventos nacionais relacionados com veículos clássicos e antigos, seja divulgando os cartazes, seja fazendo reportagens do material exposto, para depois aqui mostrarmos aos nossos leitores.
A Automobilia Ibérica da Moita é um desses eventos que ao longo de anos aqui temos divulgado. Quem quiser saber como foram as edições anteriores, aqui ficam algumas das publicações que fizemos:
- XV Automobilia Ibérica da Moita - 2017
- XIV Automobilia Ibérica da Moita - 2017
- XIII Automobilia Ibérica da Moita - 2016
- XII Automobilia Ibérica da Moita - 2015
- XI Automobilia Ibérica da Moita - 2014
- X Automobilia Ibérica da Moita - 2013
- IX Automobilia Ibérica da Moita - 2012
- VIII Automobilia Ibérica da Moita - 2011
- VII Automobilia Ibérica da Moita - 2010
- VI Automobilia Ibérica da Moita - 2009
- V Automobilia Ibérica da Moita - 2008
- IV Automobilia Ibérica da Moita - 2007

A XVI Automobilia Ibérica da Moita / 2019, organizada pelo Histórico Automóvel Clube do Entre Tejo e Sado (HACETS) e pela Câmara Municipal da Moita, decorrerá nos dias 16 e 17 de Março de 2019, no Pavilhão de Exposições da Moita.
No site oficial do HACETS a XVI Automobilia Ibérica da Moita / 2019 é apresentada do seguinte modo:
"A Automobilia Ibérica é um evento temático cujas características permite reunir, no espaço de uma feira, os coleccionistas e admiradores dos veículos de propulsão mecânica construídos até 31 de Dezembro de 1980, para troca e aquisição de veículos (restaurados ou para restauro), peças, equipamentos e ferramentas de época, miniaturas e brinquedos, livros e manuais, e todo o tipo de material mecânico e acessórios que permitirá cuidar e realçar a beleza daqueles veículos que marcaram uma época e sobretudo preservá-los como património cultural e recreativo."

Continue lendo...

2018/11/17

Cinzeiro / prato antigo "Vidro é... Covina"


Quando apresentamos fotografias de pormenores de automóveis fabricados ou montados em Portugal, muitas vezes mostramos emblemas da Covina - Companhia Vidreira Nacional, que estão gravados nos vidros desses veículos.

E como a falta de informação é uma coisa muito feia, e porque não nos limitamos a dizer uma coisa e já está, aqui ficam alguns dos veículos inseridos no que dizemos: jipe UMM Cournil; o Mini Moke e a carrinha Mini IMA...

Os Citroen AX BB Cabrio e os Citroen FAF; os automóveis Sado 550; as carrinhas GM Amigo ou a Datsun Sado... Isto sem esquecer os camiões Leopardo, da Bravia.

Como a Covina foi fundada em 1936 é normal encontrarem-se artigos publicitários desta empresa, como este cinzeiro antigo (ou mini prato???), onde se lê "Vidro é... Covina".
Na parte de trás tem o vidro texturado.

Este artigo está disponível para venda, para mais informações usar o contacto de e-mail existente na lateral direita do ecrã.

Continue lendo...

2018/11/16

Publicidade Simões & Filhos, Suc. & C.ª - The Zenith Cycles


Era assim que no ano de 1955 a empresa Simões & Filhos, Sucessores & C.ª, fazia publicidade às marcas que comercializava: a Humber; a Zenith; a Ray; a Triunfh; a Dingley; a Zagaia e a Sterling - Bicicletas de sport e passeio. Vendiam também pneus de marca Vredestein.
Na publicidade era possível ver o emblema da marca The Zenith Cycles - London - Universal.
Sangalhástico!

Continue lendo...

2018/11/15

Folheto bicicletas Órbita com BMX (amarelo) - 1988


Fazer colecção de um determinado tipo de artigos é mesmo assim, procuram-se as diferenças, por mais pequenas que sejam.
Nas imagens vemos um folheto antigo que faz publicidade às bicicletas Órbita do tipo BMX.

Como já aqui tínhamos mostrado a versão impressa sobre papel cor de rosa, aqui divulgamos a versão sobre papel amarelado.
Folheto disponível para venda, para mais informações usar o contacto de e-mail existente na lateral direita do ecrã.

Continue lendo...

2018/11/14

Borrachas de depósito para Famel antiga


Encontrar certas peças para motorizadas antigas de fabrico nacional nem sempre é fácil, mas com paciência tudo se encontra, mesmo que sejam artigos em borracha, como pneus antigos ou elementos decorativos / funcionais.

Se há quem não tenha problemas em usar borrachas fabricadas nos nossos dias - onde normalmente se observam pequenos defeitos/imperfeições de fabrico, há outros que preferem material antigo, mesmo que tenha marcas da idade.

Nas imagens podemos ver um par de borrachas para motorizadas antigas de marca Famel, destinados a embelezar a lateral do depósito de combustível.

Este tipo de borrachas foram usadas em diferentes modelos de ciclomotores da marca Famel, como na Famel Rex; na Famel Victoria; na Famel com motor Famel ou até na Famel Foguete.

Têm forma de gota de água e no centro pode ler-se em relevo a palavra Famel.

Estas borrachas estão disponíveis para venda, para mais informações usar o contacto de e-mail existente na lateral direita do ecrã.

Continue lendo...

2018/11/13

Ciclomotor OSP Marechal (?) - XV Automobilia Ibérica da Moita


Nas feiras de automobilia é frequente aparecerem motorizadas antigas que chegaram aos nossos dias sem emblemas ou chapas que permitam a sua identificação.

Se nalgumas é fácil identificar a marca e o modelo, noutras a tarefa não é tão fácil, em resultado de serem modelos específicos ou pouco conhecidos.

No caso desta motorizada que esteve à venda na XV Automobilia Ibérica da Moita, aparenta ser da OSP - Organização Sachs Portuguesa.

E pelas formas dos guarda-lamas e do quadro, aparenta ser uma OSP Marechal, igual à que já aqui divulgámos há uns tempos.

Estava equipada com motor de marca Sachs e estava muito completa para a idade que tem. O guarda-corrente estava fora do sítio, mas era o do conjunto.

Tinham um suporte de mercadorias de aspecto sólido / resistente e o selim era dos individuais.

Será que já está restaurada?

Continue lendo...

2018/11/12

Alfinete de lapela da Salvador Caetano - Carroçarias


Nem só de alfinetes de lapela de motorizadas e de bicicletas vive a colecção do Rodas de Viriato.
O que mostramos nas imagens é da Salvador Caetano, que se dedica ao fabrico de carroçarias para autocarros.

É em metal com relevo e pintado no interior. Na zona central foi recortado em duas zonas.
No elemento azul horizontal pode ler-se V. N. Gaia - Portugal.

Pela forma do emblema, de que época será?

Continue lendo...

2018/11/11

Camião Leopardo ao pormenor - B. V. de Sousel (3/7)


No dia em que se assinalam 100 anos do final da I Grande Guerra Mundial, aproveitamos para divulgar mais algumas imagens do camião Leopardo que estamos a mostrar ao pormenor, pertencente aos Bombeiros Voluntários de Sousel.

É um veículo destinado a manter a paz, mas foi construído pela Bravia, que a par da UMM, terão sido duas das marcas nacionais que mais versões militares tinham na sua gama de produtos. Destas duas, a Bravia é automaticamente associada a veículos de guerra, sendo desconhecidos da maioria das pessoas os veículos que fabricou para o mercado civil.

O blogue Rodas de Viriato tem esta função pedagógica, pelo que aqui divulgamos um dos poucos camiões Leopardo que foram fabricados para serem usados no combate a incêndios e fogos.

É um camião destinado a carregar peso por caminhos florestais, montanhas e campos, onde o piso ou trilho de circulação está degradado ou, pura e simplesmente, não existe.

Tem uma cabine dupla, para poder transportar vários tripulantes ao mesmo tempo. Um desses tripulantes podia manobrar um foco exterior de iluminação, para apoio ao ataque directo às chamas, ou para iluminar caminhos ou locais durante a noite.

A traseira do camião está preparada para permitir o acesso à parte de cima do tanque de água, onde existe uma agulheta, uma escada e um pneu suplente.

Devido à altura a que se encontra o pneu suplente, e ainda que o camião esteja equipado na traseira com eixo duplo, de rodado duplo (que no caso de um pneu furar, poderá continuar viagem com facilidade), adivinha-se que seja difícil e um pouco perigosa a realização do seu manuseamento.

A cabine dos passageiros tem uma janela na traseira, que permite a entrada de luz no espaço e, ao mesmo tempo, visualizar o que se passa nesta parte do camião.

Junto deste vidro há um alçapão que dá acesso à zona do tanque. Este fecha com recurso a dois parafusos que apertam num dos lados.

Sendo um camião fabricado em Portugal, tem vidros de marca Covina.

Na zona inferior do camião há muitos pormenores por revelar e, para despertar a curiosidade, mostramos uma pequena chapa colocada num dos diferenciais deste camião.

Continue lendo...

2018/11/10

Motorizada Diana FC - 26.ª Automobilia de Aveiro / 2018


Esta motorizada antiga Diana FC esteve à venda na 26.ª Automobilia de Aveiro / 2018.

Apresentava-se com a pintura original em branco e dourado.
E estava equipada com motor da Casal.

No depósito ainda tinha os emblemas da Diana FC, com elemento gráfico em xadrez e encimados com uma coroa.

O vidro do farol era da marca SIM.

Continue lendo...

2018/11/09

13.º Salão Automóvel e Motociclo Clássico e Sport de Aveiro


Um dos eventos que marca o mês de Dezembro, é o 13.º Salão Automóvel e Motociclo Clássico e Sport de Aveiro, que se realiza no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro, sendo organizado pela Associação dos Amigos dos Carochas de Aveiro. Decorre nos dias 1 e 2 de Dezembro de 2018.
Para além da tradicional feira de peças, motos, motorizadas, automóveis, bicicletas e muitos outros artigos ligados ao mundo dos veículos clássicos, haverá a Super Especial / António Nogueira - Circuito Show.
Para mais informações, usar os contactos existentes no cartaz.

Continue lendo...

2018/11/08

Bicicleta Sirla BMX Cross ref. 4.02.02.13 - Catálogo bicicletas Sirla


Há dias em que apetece ver coisas um pouco diferentes, fugindo à monotonia.
Esta bicicleta Sirla que hoje divulgamos é do tipo BMX e tem algumas características que a tornam diferente e especial. O quadro é cromado, tem pneus com borracha vermelha e tem tampões nas rodas, como acontecia pontualmente com outras bicicletas de fabrico nacional, como a UCAL Mickey Cross ou com a Confersil Fórmula 1. Para além destes elementos, a decoração é em vermelho e branco, com vários elementos gráficos que a fazem encher o olho de quem gosta destas coisas.
A imagem foi retirada do catálogo de bicicletas Sirla - Em cada passeio uma história de amor, onde esta bicicleta com roda 20 x 2.125, tinha a referência 4.02.02.13.

Continue lendo...

2018/11/07

Alfinete de lapela com emblema da Casal / Metalurgia Casal


Uma das formas de datar um artigo é através dos materiais que nele foram usados. No caso deste alfinete de lapela da Casal, para além deste elemento, temos outro que nos facilita ainda mais a tarefa, que é o próprio logótipo.

Como se pode ver na primeira imagem, é o último logótipo / emblema que a Metalurgia Casal teve (na segunda imagem vemos que foi colado no alfinete de forma um pouco rodada para a direita), pelo que quase que podemos dizer que será o último alfinete de lapela da Casal, que a empresa terá mandado fazer.

No verso vemos que o alfinete foi colado (o que é mais barato do que soldar), reforçando o que dissemos anteriormente.

Continue lendo...