2017/12/31

RDV: Balanço do ano de 2017


Ao começarmos este texto que pretende falar sobre o que foi o ano de 2017, apetece falar do futuro, pois é ele que interessa e é para lá que vamos.
O foco tem de ser no que interessa, no que ainda falta fazer e mudar. Sim, neste mundo da transmissão do conhecimento / de informações, do coleccionismo, dos restauros; que é parte do mundo real, há sempre muito por fazer e por mudar.
Antes de mais poder fazer com que cada um pense por si e que não se limite a ser um papagaio dos que sabem repetir o que lhes foi ensinado ou que viram em algum lado.
A busca desenfreada que se regista no mundo dito desenvolvido, pelo barato, resulta num pesado retrocesso, onde a mediocridade (e muitas vezes nem a essa se chega) consegue prosperar e impedir que se vá mais longe.
Sim, por exemplo, como é que se explica que se pretenda fazer um restauro de valor, tentando poupar, tentando conseguir material barato com compras agressivas, ou réplicas de peças feitas sem qualidade? Muitas vezes usando argumentos sem sentido ou chavões como "A motorizada tem ouro?"... Se acham que a coisa não está bem, tentem fazer melhor. Se não conseguem, remetam-se ao silêncio. De outro modo estarão a condicionar o vosso próprio futuro.
E se o Sol está lá todos os dias, sem que nada façamos para isso, tal não é motivo para que não sejamos agradecidos. Metaforicamente falamos do material disponibilizado gratuitamente, que regra geral não tem uma palavra de agradecimento, ou como alguém dizia: "É que nem à m**** te mandam!". Pessoas que nada dizem de agradecimento, são as primeiras a falar no dia em que lhes for pedido algo em troca. Mas para quê perder tempo escrevendo sobre pessoas deste tipo?
Mas o foco é no que falta fazer e quem estiver mal, que se mude - neste caso, que faço melhor!

E já passaram mais 365 dias e aqui fica o balanço do ano de 2017 no blogue Rodas de Viriato.
- O número de seguidores do blogue é de 255 pessoas;
- O número de publicações total no blogue é de 4263 artigos;
- A página no Facebook tem 1494 "likes" e 1511 seguidores.
- Em termos de visitas, acabámos o ano com um total de 2 881 103 visualizações de páginas, desde que há 11 anos iniciámos esta caminhada.

Continue lendo...

2017/12/30

Lista do mais lido em 2017 no Rodas de Viriato


Não terminamos o ano de 2017 sem antes fazer um apanhado dos artigos mais lidos no blogue Rodas de Viriato, sendo esta uma forma de se perceber o que mais interessa aos nossos leitores (tendo em atenção que esta lista é feita a partir do número de visualizações durante o ano, o que beneficia os artigos mais antigos).

25.ª Automobilia de Aveiro / 2017 - 25 edições! - 8753 visualizações.
Como já é tradição, o artigo de divulgação da Automobilia de Aveiro é o mais lido neste blogue. Para além de ser um dos eventos mais importantes em Portugal no que diz respeito a veículos antigos, temos feitos reportagens detalhadas sobre o evento, dando-lhe maior visibilidade e mostrando o que nele é exposto e comercializado.
Será que se vai passar o mesmo 26.ª Automobilia de Aveiro / 2018 que se realizará em Maio de 2018?

- Jipe UMM Alter CD dos Bombeiros Voluntários do Fundão -3219 visualizações.
Os jipes UMM têm sido amplamente divulgados, especialmente versões especiais ou pouco comuns de se verem no dia-a-dia. No caso do jipe UMM Alter CD que pertenceu aos Bombeiros Voluntários do Fundão, despertou ainda mais interesse, pois era um veículo de combate a incêndios. Com a publicação deste artigo também ficámos a saber que o mesmo já não existe devido a um acidente.

- Motorizada Vilar GK 14 na capa da Playboy holandesa - 2939 visualizações.
Veículos antigos e mulheres nuas são sempre uma combinação que desperta interesse, por mais que se critique negativamente esta solução usada por muitos. Apesar disto, é sempre bom ver que uma revista de divulgação internacional escolhe uma motorizada de fabrico nacional para as suas reportagens fotográficas.

- Motor Peugeot 2.5 Turbo para UMM no Motorclássico 2016 - 2778 visualizações.
Mais uma vez os jipes UMM a despertarem interesse. Esta publicação era sobre um motor preparado pela Tucha Competições, para ser instalado num jipe UMM para uso em competição todo-o-terreno. Uma prova de que quem nós lê, também tem interesse em peças e material para esta marca (empresas e sites que vendem peças para os jipes UMM, estão à espera de quê para se publicitarem no Rodas de Viriato?).

O tricarro Casal K900 que enfrentou um elevador lisboeta - 2381 visualizações.
No dia 1 de Abril - Dia das Mentiras - temos a tradição de pregar uma mentira aos nossos leitores. E este ano não foi diferente. O cuidado com que as fazemos é tão grande, que poucos percebem que tudo não passa de uma invenção.

Motorizada Casal K 175 - XIV Automobilia Ibérica Moita - 2294 visualizações.
As motorizadas são outro dos assuntos que trazem muitos leitores a este blogue, seja em busca de folhetos antigos com imagens, seja em busca de peças ou autocolantes, seja em busca de modelos menos comuns. Esta motorizada Casal K 175 está nesta última categoria e, como tem linhas desportivas, o interesse foi redobrado.

Continue lendo...

2017/12/29

Antes de 2018 chegar... Os pneus deves verificar!


O Rodas de Viriato serve para ajudar quem precisa e não nos cansamos de facilitar a vida de quem nós lê e consulta.
Sempre que se aproxima o final do ano (ver 2016, 2015, 2014...), costumamos relembrar uma das regras de ouro de quem usa veículos: verificar os pneus antes do novo ano chegar.
Reza a lenda que quem não o faz, acaba por ter um ano cheio de problemas, avarias, gastos desnecessários e contrariedades no dia-a-dia.

E para ilustrar este conselho valioso, usamos uma fotografia antiga com uma criança dentro de um carrinho a pedais, feito em chapa. A criança está acompanhada de duas bonecas e com um brinquedo destes, adivinha-se que a vida terá corrido bem.

Resta saber se este carrinho que nos lembra os automóveis do anos 20 será de um fabricante português... Pode ser que 2018 nos traga esta informação!
Desejamos um 2018 cheio de projectos realizados com sucesso!

Continue lendo...

2017/12/28

Motorizada Mavico restaurada


A Mavico vendeu motorizadas fabricadas por diferentes marcas, como a Mourisotam e a EFS.
As informações disponíveis on-line sobre a marca não são muitas, o que torna difícil esclarecer algumas dúvidas relacionadas com os modelos que comercializou. 

No caso da motorizada Mavico que mostramos restaurada, e por restaurar, tem registo de 1970 e o motor é um Casal M 151, de 4 velocidades, do ano de 1969. Normalmente é mais frequente verem-se equipadas com motores Zundapp, mas neste caso não é assim.

A motorizada tem um depósito que lembra os que eram usados nas Famel Caçador e no selim tem um emblema da Sotam, de Sever do Vouga.
Esta motorizada foi comprada por volta de 1970 ao Sr. Forneiras, da UNISantos, em Montemor-o-Novo, por um primo de Fernando Carrilho (a quem agradecemos a colaboração!) e, mais tarde foi vendida ao seu avô, chamado Inácio de Jesus, na década de 80.

A motorizada foi entretanto herdada por Fernando Carrilho em 2016 e restaurada em 2017, na Oficina de João e Nelson Ferreira, em Carvalhal Benfeito.
Ao longo do anos em que foi utilizada, a motorizada foi pintada de azul e verde, pois eram cores mais resistente ao sol. Ao fazer-se o restauro, optou-se por devolver as cores mais coincidentes com as motorizadas Mavico.
Quem tiver mais informações sobre as motorizadas Mavico, deixe comentário por favor.

Continue lendo...

2017/12/27

Ciclomotor Alma - 25.ª Automobilia de Aveiro / 2017 (2/2)


E com este grupo de fotografias terminamos a apresentação do ciclomotor Alma que fotografámos na 25.ª Automobilia de Aveiro / 2017.

Como ainda era visível a pintura original, pudemos ver pormenores interessantes, como acontecia nas malas laterais, colocadas de lado, na suporte de mercadorias. Para além do emblema da Alma, nesta peça também havia um filete em dourado.

O suporte de mercadorias para além da fixação ao quadro, também estava preso ao guarda-lamas traseiro, como se pode ver na imagem anterior.

O escape era uma peça com um desenho curioso, terminando numa forma que lembra uma cauda de cometa estilizada.

Na zona do cubo da roda traseira era possível ver o trabalho de engenharia realizado, de forma a que este ciclomotor Alma pudesse rolar sem problemas.

Aparentemente o guarda-corrente estava em falta e na zona onde prendia também se podia ver o trabalho de filetagem realizado.

Continue lendo...

2017/12/26

Calendário de 1968 da CNP - Companhia Nacional de Pneus


E estamos a chegarmos ao ano de 2018, há ainda tempo para divulgar mais um calendário antigo da CNP - Companhia Nacional de Pneus com 50 anos de idade.
É o calendário de 1968 que a empresa mandou imprimir para se publicitar.
Neste calendário a CNP escolheu como imagem, um grupo de jovens amigos que fazem um piquenique no campo, tendo as suas bicicletas ao lado. Não falta um cão na fotografia, o que nos remete para o universo dos livros de aventuras para jovens, como "Os cinco".

Este calendário da Fábrica de Pneus para Bicicletas e Motorizadas, foi impresso na Lito - Maia, no Porto, numa edição de 20 000 exemplares, em Dezembro de 1967.

Continue lendo...

2017/12/25

Exposição Uma Paixão Que Se Fabrica - O brinquedo tradicional português


É dia de Natal e aproveitamos para deixar uma sugestão para viverem os veículos fabricados em Portugal de um modo diferente, em modo família e no universo do mundo dos brinquedos.
Até final do ano ainda podem visitar a exposição "Uma Paixão Que Se Fabrica - O brinquedo tradicional português", no MEF - Espaço Cultural do Parque Temático Mundo em Festa, no Centro Empresarial da Lionesa.
Para além da visita, onde ficam a conhecer o fabrico, dos materiais aos brinquedos, podem ainda participar em workshops gratuitos, na sede da empresa de brinquedos Pepe / Jato (no dia 6 de janeiro).
Para mais informações, usar os contactos existentes no cartaz.

Continue lendo...

2017/12/24

Jipe UMM Alter CD com caixa em fibra em foto publicitária


Como hoje é noite de Natal...
Se o Pai natal não tivesse as suas renas e trenó para distribuir os presentes pelo mundo inteiro, certamente que teria um jipe UMM Alter CD com caixa de carga em fibra, como o que vemos na imagem, que foi retirada de uma publicidade da UMM France.
A escolha é óbvia, para além das provas dadas da resistência e fiabilidade dos jipes UMM em provas como o ralie Paris/Dakar, ou no Raid Terrestre Macau-Lisboa, é uma versão que podia transportar os ajudantes do Pai Natal na cabine dupla e, como se não bastasse já de argumentos, podia transportar muitos presentes na espaçosa caixa de carga que tem na traseira.
E se acham que este UMM devia estar pintado de vermelho, dizemos que a cor azul com que está pintado fica muito bem, o que até seria uma boa desculpa para mudar a enfadonha cor vermelha do traje do Pai Natal.
Um Pai Natal azul não seria muito mais giro?

Continue lendo...

2017/12/23

Motorizadas Miss - Emblema depósito motorizada


Continuando a divulgar chapas antigas de motorizadas, apresentamos o emblema de depósito das motorizadas de marca Miss, de Oliveira do Bairro.

Como é de adivinhar, o elemento central é uma senhora coroada, com uma faixa no tronco, onde se lê "Miss".

Está disponível para venda, para mais informações usar o contacto de e-mail existente na lateral direita do ecrã.

Continue lendo...

2017/12/22

Últimos dias de pré-encomenda do livro Berliet, Chaimite e UMM


Na imagem podemos ver alguns documentos que estão relacionados com a empresa Bravia / VM, que produziu - entre outros veículos - os blindados Chaimite, os camiões Leopardo. Não é todos os dias que material deste tipo fica disponível para quem o quiser consultar, mas brevemente será editado o livro "Berliet, Chaimite e UMM – Os Grandes Veículos Militares Nacionais", que revelará informações sobre as marcas referidas, e de mais algumas. Tudo indica que será um livro indispensável na biblioteca de quem gosta de veículos fabricados em Portugal, de quem gosta de veículos militares e de quem gosta de jipes / camiões / blindados.
Estamos a uma semana do final do período de pré-encomenda do livro, pelo que é de aproveitar a oportunidade de, por um lado garantir o seu exemplar (só serão feitos 750 exemplares) e, por outro, conseguir vantagens no preço de compra. Afinal, quantas vezes adiamos a compra de um livro, que rapidamente esgota e depois temos de pagar um preço mais alto por ele?

Para pré-reservas consultem o link:
Campanha PPL livro: Berliet, Chaimite e UMM – Os Grandes Veículos Militares Nacionais

Continue lendo...

2017/12/21

Bom Natal, com veículos feitos em Portugal!


Por esta altura o nosso departamento de imagem fixa e em movimento tem o prazer de pensar em mais uma imagem que envolva veículos fabricados em Portugal para desejar Boas Festas a quem passa pelo Rodas de Viriato.
Este ano usámos uma miniatura do jipe Portaro Campina, fotografada em cima de um antigo mapa de Portugal, com algumas das muitas estradas percorridas pelos veículos que aqui divulgamos com tanto gosto.
Deste modo desejamos a todos umas Boas Festas!

Continue lendo...

2017/12/20

Chapa antiga de carroça de 1930 - Caldas da Rainha


Sempre houve forma de se obterem impostos e os veículos com dificuldade escapam a esta sina, seja no momento da compra, seja pela circulação ou pela passagem em determinados locais.

Antigamente as carroças puxadas por animais tinham de estar registadas nas câmaras municipais, de forma a que se soubesse quem era o seu proprietário e de forma a que estivessem dentro da legalidade.

Esta chapa antiga foi emitida pela Câmara Municipal do Concelho de Caldas da Rainha é do ano de 1930 e servia para registar este tipo de veículos.

Continue lendo...

2017/12/19

UMM Troféu no espaço do Clube UMM - Motorclássico 2017


O Clube UMM tem sido presença regular no salão Motorclássico, onde exibe jipes UMM que se destacam pelas suas características. E na edição de 2017 não foi diferente das anteriores.

Nesta edição esteve em exposição o jipe UMM Troféu que venceu na Baja Portalegre 2016, o Troféu UMM.

É um UMM preparado para competição, como se pode ver pelas fotografias que divulgamos. Veja-se por exemplo as adaptações feitas no habitáculo.

E não lhe faltava o botão de corte de corrente, junto do qual foi colocado um autocolante fornecido pela organização da Baja Portalegre 2016, com indicações sobre como proceder em caso de acidente.

Sendo um jipe para competição em piso de terra, com areia e pedras, os faróis estavam protegidos com um acrílico, evitando deste modo que o vidro do farol sofra mazelas resultantes de pequenas pedras projectadas pelo ar.

As escovas dos limpa-vidros têm incorporados esguichos, para que seja mais rápida e fácil a limpeza do vidro, quando está sujo com terra ou lama.

E a terminar, o pormenor do tipo de jante usado neste UMM Troféu.

Continue lendo...

2017/12/18

Autocarro antigo Bombeiros Voluntários Ferreira do Alentejo em calendário


Neste calendário com uma viatura de bombeiros, aparece um autocarro antigo dos Bombeiros Voluntários de Ferreira do Alentejo. É de carroçaria pequena e não tem marca visível. Será de marca OM?

O calendário é o número 79 da colecção e data de 1993.
Quem tiver mais informações sobre o autocarro, por favor deixe comentário.

Continue lendo...

2017/12/17

Mostra de Bicicletas Pasteleiras - Chaves


Até final do mês de Dezembro de 2017 podem ver a "Mostra de Bicicletas Pasteleiras", que está patente no Cinte Teatro Bento Martins, em Chaves, e que pertencem ao artista e restaurador Mário Lino.
Podem ter uma noção do que vão encontrar nesta página do Facebook.

Continue lendo...

2017/12/16

Bébécar Jeep - Catálogo Bébécar (capa azul)


E continuando a divulgar os modelos que constam no catálogo Bébécar com capa azul, aqui fica mais um modelo de quadriciclo a pedais vendido pela marca.
É o modelo Jeep e tinha a referência 8.04.010.
Como podemos ver pelas imagens, podia-se escolher entre a versão em branco, em azul e em vermelho.

Ao contrário do que o nome poderá sugerir, estes "jeep" são de marca Toyota.
A versão azul tinha decoração da polícia e em todos havia um aro metálico que simulada o para-brisa deste 4x4 de brincadeira.

Continue lendo...

2017/12/15

Motorizada Casal Super Boss - 25.ª Automobilia de Aveiro / 2017


Se há um modelo emblemático das motorizadas nacionais, a Casal Boss é uma delas, pois foi a primeira motorizada onde muitos jovens aprenderam a andar em duas rodas.

A motorizada Casal Super Boss era uma versão mais evoluída do que o modelo comum e este exemplar esteve em exposição / venda na 25.ª Automobilia de Aveiro / 2017.

Os motores Casal M 109, com 4 velocidades, foram uma das escolhas para equipar estas motorizadas e podiam atingir 80 km/h.

A Casal Super Boss destingia-se das outras motorizadas por estar pintado de preto, com pormenores e jantes em dourado.

A preocupação com o visual da Casal Super Boss era tanto, que até houve o cuidado de pintar o escape e os amortecedores de preto.

E o facto de ter quadro aberto e selim para duas pessoas ajudavam a que fosse a escolha no momento de comprar uma motorizada.

Continue lendo...