2016/01/04

Moto de competição Casal Six Days com 125 cc


Participar numa prova de competição internacional é uma forma de se provar a qualidade do produto que se se fabrica / representa / vende e, ao mesmo tempo fazer-lhe publicidade.
Ainda há dias falávamos dos Portaro e UMM que foram ao ralie Paris Dakar, mas no mundo dos veículos de duas rodas com motor feitos em Portugal, também há vários casos de marcas que competiram junto das suas homólogas internacionais.
Uma das provas onde se pode mostrar o que se vale fora da estrada, é o I.S.D.E., abreviatura de International Six Days of Enduro (organizado pela F.I.M.). Esta prova começou em 1913, em Carlisle, no Reino Unido e manteve-se até à actualidade, ainda que sofrendo mudanças em relação aos moldes e localização.
A Casal foi uma das marcas nacionais que preparou uma moto de 125 cc para enduro / "fora de estrada" com o objectivo de participar nesta prova. A fotografia que acompanha este texto é relativa a esse exemplar, pelo que tem a denominação "Casal Six Days" no depósito de combustível. O escape sobressai nesta moto, pois foi colocado entre a zona do eixo da roda de trás e o selim, pelo que tem duas grelhas de protecção. Como seria de esperar os pneus têm piso cardado e a pintura em vermelho, preto e pormenores a amarelo ajudam a complementar o aspecto desportivo da moto.
Mais tarde, no ano de 1989, também a Macal participou nesta prova com uma Macal de 80 cc. Em 1999 a AJP também participou nesta prova de competição, onde com a sua AJP Galp 50 conseguiu o feito de ter sido a primeira moto com motor de 50 cc do mundo a terminar os seis dias de prova de Enduro.
Fotografia cedida por Ricardo Moreira do blogue da Famel (obrigado + uma vez!)

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário