2018/02/10

Paginação do livro Berliet, Chaimite e UMM – Os Grandes Veículos Militares Nacionais


Tal como numa campanha militar, onde o ritmo de evolução no terreno é um factor para o sucesso, também no livro Berliet, Chaimite e UMM – Os Grandes Veículos Militares Nacionais os avanços em termos práticos são significativos.
Recebemos em 1.ª mão três imagens exclusivas do livro, relativas ao capítulo dedicado aos jipes UMM militares. E nada como começar bem, mais concretamente com uma imagem dos primeiros tempos da linha de montagem dos jipes UMM (que divulgámos no Rodas de Viriato em 2014).
De acordo com a informação recebida, este capítulo sobre os UMM terá testemunhos exclusivos de pessoas essenciais na história da UMM: directores técnicos e comerciais; mas também do engenheiro Pedro Cortês; do piloto de provas João Vassalo; do mecânico Silvino Alves; do arquitecto Carlos Galamba que desenhou o Alter e dos irmãos Baptista da Silva - os administradores da Mocar e da UMM,

O livro vai ainda falar dos testes militares aos jipes da UMM, realizados em Inglaterra e no Chile; bem como dos veículos militares vendidos à Holanda e à França, entre outras histórias inéditas.
O bom acolhimento da campanha da PPL de pré-reserva do livro, fez com que se avançasse com o aumento do numero de páginas, de 144 para 168.
O livro Berliet, Chaimite e UMM – Os Grandes Veículos Militares Nacionais conta com diversos apoios institucionais, começando pelo Exército português e pela Guarda Nacional Republicana; bem como da Liga dos Combatentes; da Associação de Comandos; da Associação de Fuzileiros; da Associação 25 de Abril; da Associação Portuguesa de Veículos Militares e da Junta de Freguesia de Tramagal. Conta também com o patrocínio da ETI – Empordef Tecnologias de Informação, que desenvolveu um simulador dinâmico para os blindados portugueses Pandur.

Sobre o livro “Berliet, Chaimite e UMM – Os Grandes Veículos Militares Nacionais”, de Pedro Manuel Monteiro, a editar pela Contra a Corrente, em Abril de 2018:
"A Ideia - Este livro traça a história dos três grandes veículos militares nacionais, mas sobretudo dos milhares de portugueses que os desenharam e fabricaram e depois usaram em missões de guerra e paz. Trata-se de uma oportunidade única para revisitar momentos chave da nossa História que muitos leitores viveram na primeira pessoa como a Guerra Colonial e a Revolução dos Cravos e o PREC. Com esta obra divulgam-se ainda as missões internacionais das Forças Armadas, sobretudo as grandes missões da Bósnia e Timor-Leste.
O Formato e Distribuição - Uma edição de 750 exemplares numerada e ricamente ilustrada. Um total de 168 páginas no formato de 29 cm de largura x 26 cm de altura. Capa armada em cartão de 2.5 mm e miolo em papel couché semi mate de 170 gr/m2. Cada capítulo inclui um sumário extenso em Inglês.
A Estrutura e Capítulos - Uma obra dividida em duas partes, ricamente ilustrada e apoiada em arquivos e testemunhos na sua maioria inéditos. Tem por base mais de 25 reportagens em unidades militares e fábricas em Portugal, no Kosovo e na Lituânia. Juntam-se pesquisas em arquivos nacionais e da França, Holanda e Estados Unidos, bem como mais de 60 entrevistas presenciais a protagonistas chave do 25 de Abril, antigos combatentes do Ultramar e gestores, engenheiros e técnicos de empresas envolvidos no fabrico dos veículos militares. O ilustrador Paulo Alegria criou, especialmente para este livro, 25 perfis de viaturas nacionais."
Para encomendas ou mais informações, podem consultar a página oficial do livro no Facebook.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário