2017/06/07

Folheto antigo Famel Zundapp Feeling XF 1.50


A ignorância faz com que se diga muita coisa, por norma errada...
Diz-se que os construtores nacionais de motorizadas não se esforçaram por inovar, nem por actualizar a sua gama de produtos, sendo esta uma das possíveis explicações para que tivessem deixado de existir.
Sem querermos entrar numa discussão que se pode enquadrar na máxima: "Se a minha avó não tivesse morrido, ainda hoje estava viva", divulgamos um folheto da motorizada Famel Zundapp Feeling XF 1.50.
Reparem que quando esta motorizada foi lançada, a Internet estava limitada a meia dúzia de universidades, centros de pesquisa e laboratórios militares.
Mas o que é que a Famel Zundapp Feeling XF 1.50 tem a ver com a Internet?
Simples!
Quando esta foi desenvolvida, a equipa de técnicos da Famel baptizou o modelo com o nome XF 1.50, ou seja, esta motorizada é uma evolução da Famel XF 17 e da Famel XF 21... Por essa altura andava o Tim Berners-Lee a desenvolver ideias para sobre World Wide Web e, por volta de 2005, com o advento da possibilidade de partilha e colaboração na Internet, é que surge a Internet 2.0... Resumindo: Em finais de anos 80 na Famel já se inovava e baptizava-se um modelo de "XF 1.50" e só 15 anos mais tarde, é que a coqueluche da tecnologia - a Internet - passava a denominava-se "Internet 2.0".
Se isto não é inovar e estar à frente, é o quê?

No verso deste folheto podemos ver a ficha técnica da Famel Zundapp Feeling XF1.50 em três línguas diferentes (português, francês e inglês).
Esta Famel tinha motor de 5 velocidades, sendo refrigerado a água. A carenagem na frente fazia parte do equipamento normal desta motorizada, ajudando a acentuar as linhas marcadamente desportivas que tinha.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário