2016/04/19

Motorizada Diana - XIII Automobilia Ibérica Moita


Diana era a deusa romana da caça e da lua, conhecida por ser poderosa e forte. Segundo o que consta, castigou um caçador porque a viu nua durante o banho.

Esta situação não preocupou os homens da Fausto de Carvalho que a colocaram nua no emblema da marca, envergando nas mãos um arco com uma flecha pronta a ser disparada.

Provavelmente estavam mais preocupados com a ideia de velocidade que em parte é preciso para se ser bom caçador.

Para conseguir velocidade usaram um motor Sachs de turbina...

E diz-se que os olhos também comem, pelo que no guarda-lamas da roda da frente foi colocada uma seta com a marca Diana.

O farolim também tinha formas aerodinâmicas, estando aplicado num suporte metálico que fazia a transição para o guarda-lamas.

Terminamos a apresentação desta motorizada Diana que esteve para venda na XIII Automobilia Ibérica da Moita com uma fotografia do farol com aro da MIL - Miranda e Irmão Limitada, enquanto que o velocímetro era da SIS.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário