2016/10/22

Folheto dos automóveis Evasão - Comércio e Indústria de Veículos a Motor, L.da


10.º aniversário Rodas de Viriato...
Pois ontem completámos 10 anos de existência e como já vem sendo norma, quando fazemos anos os nossos visitantes é que recebem algo de memorável.

Quem se interessa por automóveis feitos em série em Portugal conhece os jipes UMM, o Portaro e os micro carros Sado 550 e o Motalli City Car.
Depois há uma série de outros automóveis, não tão conhecidos e dos quais foram feitas pequenas séries. Destacamos o Edfor, o AC Sport Car e o Lince.

Quando fazemos pesquisas na Internet sobre este tema, aparecem algumas referências vagas aos automóveis Evasão, da Metalomecânica Evasão (?) e a coisa fica por ai.
Mas estamos cá para mudar esta realidade e lá fomos tentar trazer a público algumas informações sobre o assunto e aqui estão elas, a partir de um folheto de divulgação da Evasão - Comércio e Indústria de Veículos a Motor, L.da.

A empresa tinha a linha de montagem na Estrada dos Cardais, em Vagos.
Como o folheto tem autocolantes colados sobre informação impressa, arriscamos a dizer que a empresa terá mudado de instalações, pois por baixo de um dos autocolantes, pode ler-se que a sede da Evasão era na Rua do Lamigueiro e a linha de montagem era na Gafanha da Boa Hora.

Ao analisarmos as fotografias publicadas, podemos ver que para além do automóvel Evasão, a empresa também fabricou um automóvel descapotável; outros que parecem ser automóveis para golf e até uma versão tipo carrinha de carga.
Numa fotografia com a fachada da fábrica que tinha 4.500 metros quadrados, é possível ver 12 automóveis Evasão estacionados.

No folheto aparece ainda uma fotografia da linha de montagem, onde se podem ver 6 automóveis em diferentes fases da montagem e até um chassis onde se identifica o motor na parte da frente e o depósito de combustível colocado a meio, do lado esquerdo. É referido que a linha de montagem podia fabricar 50 viaturas por mês.

Nas características técnicas são apresentados dois modelos do Evasão, o TX 325 e o Sprint 500. Os dois usavam motor Lombardini a gasóleo, sendo no 1.º caso de 325 cm3 e o 2.º com 505 cm3.
O depósito de combustível em ambos os modelos tinha capacidade para 13 litros. Tinham ainda embraiagem automática centrífuga e transmissão automática com variação contínua.

Agradecemos a quem tiver mais informações sobre os automóveis Evasão ou sobre a fábrica onde foram produzidos, que faça o favor de deixar comentário.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário