2007/03/09

ATA - Ateliers Teixeira Automobiles


A ATA (Ateliers Teixeira Automobiles) foi criada pelos irmãos Alberto e Henrique Dias Teixeira na Bélgica, mas o investimento e a distribuição eram nacionais. Estes irmão estavam ligados ao mundo das rodas, em especial da marca FIAT.
A insatisfação que tinham em relação aos produtos que vendiam e a bitola elevada que pretendiam para os mesmos, levaram-nos a tentar construir um automóvel para o marcado nacional - colónias e Brasil também estavam nos seus planos. Como não existiam condições para a instalação de um projecto deste tipo em solo português, acabaram por escolher a cidade de Tooz, na Bélgica, para instalar a fábrica.

A apresentação do ATA tipo B 16 HP foi feita em 1914 no I Salão do Porto, onde despertou muita curiosidade. Este automóvel atingia 70 km/h e estimava-se o consumo de 16 litros aos 100 km.
Foram importados 3 automóveis ATA e 2 deles circularam durante muitos anos na cidade do Porto.
Com o início da I Guerra Mundial a marca deixou de produzir automóveis e em 1919 deixou de existir como ATA, passando a pertencer ao industrial Mathieu Van Rogger.

Informações e imagens retiradas do artigo de José Barros Rodrigues "ATA uma marca belga com sangue português" - Revista Autoclássico n.º 3 - Março de 1992 .

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário