2015/11/02

Motorizada SIS Sachs V5 de passagem - Oficina de João e Nelson Ferreira


Fazer um blogue durante tantos anos faz com que se encontrem denominadores comuns nos nossos veículos. Alguns foram pensados por quem os concebeu, outros não.
Um deles, e que certamente não terá sido pensado de forma consciente, ou primordial, é o da robustez!
Mas já estou como na publicidade antiga da UMM que já aqui mostrámos... Os franceses têm o charme, os italianos a raça, os japoneses a tecnologia e os portugueses a robustez! Faltou dizer que os colonizadores mores têm os desportivos feitos num barracão e os enfia cervejas têm máquinas boas para os inaptos que não sabem resolver problemas!
Bem, mas voltando ao que é nosso, não há maior certificado de robustez do que ver uma SIS Sachs V5 que continua a uso no dia-a-dia, com pouca manutenção e a circular como se as palavras fadiga, deterioração, desgaste, gripado, pura e simplesmente não existissem.
É claro que volta e não volta, lá passam pela oficina para fazerem uma pequena reparação. Neste caso foi na Oficina de João e Nelson Ferreira.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário