2016/02/23

Motorizada Famel XF17 mutante no EKA Palace


A arte é como muitas outras coisas uma forma de afirmação e de poder.
Das muitas definições que a palavra pode ter, aquela que consideramos mais abrangente, é a da arte como coisa inútil. Pelo caminho, muitos são os objectos arrastados na senda da novidade, da validade, da visibilidade e que servem de suporte ou de meio para expressar ideias e valores, que muitas vezes servem apenas para vender o que é inútil.

Nos livros de história da arte constam automóveis pintados por artistas famosos e também por artesãos étnicos convertidos em artistas, todos eles pagos por marcas que precisam de convencer os potenciais clientes de que são uma coisa especial e que merece ser comprada.

No caso desta motorizada Famel XF17 mutante as coisas são um pouco diferentes, pois o dinheiro da Famel antiga já desapareceu, e o da Famel de hoje não nos parece que ande por aqui.

Assim sendo só se justifica a escolha desta motorizada para ponto central de um pátio no EKA Palace em Lisboa, como uma prova da obra de arte que é para muitos a Famel XF17 - uma obra de arte sobre rodas, convertida em obra de arte artística!

Em relação à cor da motorizada, só o dourado podia assentar bem na denominada rainha das motorizadas portuguesas. E o farol era da MIL - Miranda e Irmão Limitada!

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário