2012/12/25

Ciclomotor Alma Turismo em postal promocional da Garagem Lisboa


Nas culturas anglo-saxónicas há uma prática denominada de "dar de volta", que pelos vistos consiste em cada um dar algo do que tem à comunidade que o viu crescer, como forma de agradecimento por aquilo que se é. Deste modo todos ficam a ganhar e com esta partilha outros podem crescer e desenvolver-se, funcionando como um fermento que vai passando de farinha em farinha, permitindo um pão bonito depois de cozido no forno.
No nosso Portugal há muito a prática do "dá-me e volta a dar-me", que consiste em cada um tentar ficar com o máximo que consegue, de preferência fazendo com que os outros tenham menos. É claro que todos ficam a perder, incluindo aquele que julga estar em vantagem (ou que estão em permanente processo de crescimento).

Tentamos não ser assim e vamos fazendo com que esta mentalidade mude (somos daqueles parvos que acham que podem mudar o mundo!). Pelo caminho temos encontrado pessoas que partilham as mesmas ideias e gostos e que permitem que peças como esta que hoje mostramos vejam a luz do dia. Ou não fosse hoje dia de Natal e uma luz especial tivesse de brilhar neste universo.

Trata-se de um postal promocional da Lisboa Garagem Lda (localizada na Rua Alexandre Herculano, 11-E, Lisboa), os distribuidores exclusivos do ciclomotor Alma, conjunto Turismo.
A partir da fotografia podemos ver com bastante pormenor como é que era este ciclomotor na altura. Para além dos filetes na pintura do quadro, pode-se ver a decoração do depósito, a mala de ferramenta pendurada no selim e o motor Alma.
Há aproximadamente 60 anos (+/- 1952) o motor Alma foi a resposta nacional à concorrência estrangeira de micromotores para aplicar em bicicletas, pelo que os pioneiros da indústria nacional de duas rodas davam os primeiros passos de forma firme e elegante!
A bicicleta equipada com o motor Alma será muito provavelmente da António Carvalho Araújo, de Braga.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário