2009/01/31

Autocarro AEC REGENT da OSUL.


Aqui fica mais uma marca portuguesa de brinquedos, a OSUL.

Este autocarro de dois andares feito em pástico é um AEC REGENT.

No interior do autocarro vemos um passageiro e o condutor do autocarro.

O meu agradecimento a Carlos Santos pelo envio da colaboração.

Continue lendo...

2009/01/30

Bébécar quadriciclo a pedais (parte 2/2)


É com esta série de fotografias que terminamos a apresentação do quadriciclo a pedais da Bébécar .

Como se pode ver, a tracção está situada no eixo traseiro.

O aro do volante não é completo.

Uns "farolins" com a marca Bébécar em relevo.

A parte de trás com o encosto em forma triangular.

Continue lendo...

2009/01/29

UTIC AEC n.º 45 da ATF


Mais um autocarro da ATF, este é o número 45 e trata-se de um AEC com carroçaria UTIC. É do ano de 1964.

Continue lendo...

2009/01/28

Masac 406/72 Tuxa - Catálogo motorizadas Masac


Não foi só a Forvel quem fez mini motorizadas. A Masac também as fez e esta 406/72 Tuxa é a prova.
São vários os aspectos que saltam à vista nesta Masac 406/72 Tuxa, como o recosto existente no selim e as mini rodas, com aros em aço e com pneus e câmaras 300-10.

A distância entre eixos era de 1,02 metros, o que fazia com que o comprimento máximo fosse de 1,43 metros e a altura (máxima era de 0,93 metros).

Continue lendo...

2009/01/27

Alba, DM, Chaimite e Olda em revista


Qual a relação entre o Alba, DM, Olda e Chaimite?
Para além de serem projectos com cunho nacional, todas estas marcas aparecem em artigos na revista Motor Clássico n.º 23.
Em relação ao Alba, DM e Olda os 3 modelos encontraram-se no último Caramulo Motor Festival (já aqui tínhamos falado da presença do Olda neste evento). A oportunidade foi aproveitada para fazer um "ensaio carros de sport portugueses". O artigo fala das características dos veículos e está acompanhado com fotografias dos vários pormenores dos mesmos.
Este artigo é seguido de um outro sobre "os special nacionais", que faz um enquadramento histórico do surgimento das marcas já referidas e é acompanhado de várias fotografias de época.

Umas páginas mais à frente, é apresentada a 2.ª parte do artigo sobre a Chaimite. Este aborda "a descrição do emprego operacional da Chaimite no Exército Português e Corpo de Fuzileiros da Marinha, as encomendas por países estrangeiros, a modernização da década de 1980 da frota portuguesa, uma listagem com o destino actual das viaturas nacionais e estrangeiras e dos protótipos. Revela, também, uma das últimas, e também das mais desconhecidas, encomendas militares à fábrica de Samora Correia". Palavras do autor do artigo, Pedro Monteiro do blogue Photography & Reports (a quem agrademos a cedência das imagens e das informações deste último parágrafo).

Continue lendo...

2009/01/26

Chaimite V-200 miniatura - Automodelos


Esta miniatura de um blindado Chaimite V-200 foi comercializado pela Automodelos.
Também existe este modelo com cor verde tipo militar (uniforme) - ver fotografia.

O meu agradecimento a Fernando Martins pelo envio das fotografias.

Continue lendo...

2009/01/25

Casal Carina de 1967


Há raparigas que gostam de parecer mais novas do que aquilo que são. Esta Carina é um caso desses...

O azul faz lembrar as versões mais recentes, mas a falta de entradas de ar nas tampas laterais traseiras não deixam margem para dúvidas.

Na fotografia anterior pode-se ver o farolim traseiro com o símbolo que a Casal tinha antes de o substituir pelo outro que parece estar dentro de um losango deitado.

A Casal Carina ou S170 estava equipada com um motor M 153.

Sendo uma scooter, viaja-se sentado e não montado, pelo que os pisa-pés são uns tapetes em borracha.

A terminar o selim.
Quem precisar de peças para sua Carina, mande e-mail.

Continue lendo...

2009/01/24

Bébécar quadriciclo a pedais (parte 1/2)


Este quadriciclo a pedais foi produzido pela Bébécar e é muito parecido com o "karting" que aparece no catálogo da Fabruima que já aqui mostrámos.

O estado de conservação não é o melhor, mas dá para ter uma ideia de como era e ainda tem muitas peças que podem ser aproveitadas para recuperar outro quadriciclo igual (ou outro brinquedo antigo com rodas da Bébécar).

Os "pneus" da frente são mais pequenos do que os de trás, sendo estes iguais aos utilizados no brinquedo infantil da Bébécar que já aqui mostrámos. Só muda a pintura na "jante".

Na fotografia anterior podemos ver o sistema de travagem existente na roda traseira direita. O travão é accionado à mão e trava por fricção no piso do pneu plástico.

A pintura é a original e ainda se podem ver dois dos autocolantes que tinha. Este está situado no quadro e outro (numa das imagens anteriores) está junto ao eixo da direcção.

Continue lendo...

2009/01/23

Marcopolo Viale com chassis Volvo


O meu agradecimento ao blogger Bus Driver do blogue Autocarro amarelo pela ajuda na identificação do modelo deste autocarro da Marcopolo.

Continue lendo...

2009/01/22

Cisterna Galucho C 6000


Uma cisterna da Galucho, modelo C-6000.

Na imagem anterior podemos ver que a cisterna é um cilindro com as pontas arredondadas que é preso a uma viga metálica, servindo esta de chassis.

Um dos motores da cisterna.

Dois autocolantes colocados num dos guarda-lamas, sendo um deles sobre "Instruções de uso e manutenção do aspirador / compressor", e respectiva tabela de manutenção periódica e o outro sobre "Lubrificação" da bomba.

Continue lendo...

2009/01/21

Catálogo bicicletas Órbita - Águeda


Este catálogo das bicicletas da marca Órbita, produzidas pela Ciclórbita - Bicicletas Portuguesas, Lda de Águeda, é mais uma colaboração de Fernando Martins - muito obrigado!

Na imagem anterior podemos ver um modelo de criança "Min Mini", denominada "Modelo 12 Articulada", com pneus 12 x 1.3/8, 1 travão (na roda da frente), pedais com reflector, guarda-lamas em alumínio, selim em napa e campainha Rim-Rim.

Este outro modelo para senhora, era denominado "Especial Senhora Modelo ES-26-82" tinha quadro em tubo de aço com uniões, pneus 26 x 1.1/4, aros em alumínio de 36 furos, guiador em alumínio, travões laterais em alumínio, cubos em alumínio com 36 furos, selim almofadado, jogo pedaleiro em alumínio, jogo de mudança Simplex e cesto em aço cromado.

O catálogo termina com um mapa/esquema com a localização da fábrica, bem como os respectivos contactos.

Para quem quiser conhecer o resto deste catálogo, visite:
- Catálogo ÓRBITA de bicicletas clássicas - Fórum Amigos das Pasteleiras

Continue lendo...

2009/01/20

Masac 406/71 - Catálogo motorizadas Masac


Mais uma motorizada Masac, esta é o modelo 406/71.
Este modelo atingia 90 km/h e o escape tinha uma grelha de protecção (nas imagens aparece montado por cima, mas também podia ser montado por baixo).

Continue lendo...

2009/01/19

Tampa de ferro fundido ALBA


Sim, podia ser um "smile", podia ser uma daquelas fotografias em que objectos sugerem caras, mas não, não é...
É uma tampa de esgoto da marca ALBA, a mesma que fez automóveis de competição no nosso país, para além de muitos artefactos em ferro fundido com os quais nos cruzamos no dia-a-dia.

Este é um desses exemplos e pode estar por baixo dos seus pés durante o seu dia...

Continue lendo...

2009/01/18

Calendário Forvel de 1979


Aqui fica mais uma colaboração de Pedro Rodrigues (obrigado!), um calendário da Promoto - Rua Augusto Gil 21 A e B - Lisboa, que faz publicidade às motorizadas Forvel.

A imagem do calendário é a mesma que já aqui mostrámos no post «Forvel Concorde em cartaz».

Continue lendo...

2009/01/17

Fotografias de época de Sorefame


Este grupo de fotografias de locomotivas eléctricas produzidas pela Sorefame são do Estúdio Mário Novais e fazem parte da Galeria de Biblioteca de Arte que a Fundação Calouste Gulbenkian tem no Flickr.com.

As cores das fotografias a cores são 5 estrelas.
Também estas foram uma sugestão de Hugo Cardoso de blogue Horta das Vespas.

Continue lendo...

2009/01/16

Corpado numa exposição


Recebemos estas duas fotografias de Arlindo Carvalho com uma motorizada Corpado (muito obrigado).
Há algum tempo atrás, perguntávamos aqui se seria uma marca nacional. Um dos comentários esclarecia o assunto. A Corpado era uma marca italiana e só tinha um motor idêntico aos da Motalli.

A motorizada Corpado restaurada, esteve numa exposição organizada pelo nosso leitor em Castanheira de Pêra, junto com várias motorizadas de fabrico nacional.

Continue lendo...