2013/05/30

Ciclomotor Cinal Pachancho Himalaia - Salão Motorclássico 2013


Na última edição do Salão Motorclássico era possível ver este ciclomotor Cinal Pachancho Himalaia em exposição. É claro que aproveitámos a ocasião para fazer fotografias dos vários pormenores desta máquina de duas rodas com cunho nortenho.

Este ciclomotor do Consórcio de Indústrias Metalomecânicas Nacionais - CINAL tinha o quadro em tubo de aço reforçado.
Os cubos das rodas era da Aca, com travões de cinta "Super freio Aca".

Os amortecedores traseiros eram tipo telescópico de dupla acção, sendo a transmissão por corrente Pachancho reforçada.

Era equipada com pneus tipo 24 x 1 3/4 x 2 em rodas com aros de 43 mm.
Tinha suporte de bagagens na parte de trás.

O motor era da Pachancho, arrefecido a ar, capaz de fazer atingir os 60 km/h e consumindo 1,8 litros aos 100 km.

Como se podia ver pelas tampas do motor Pachancho, este era fabricado em Braga e tinha 49,9 c.c. de cilindrada.

O depósito de combustível tinha capacidade para 9 litros e neste exemplar, estava sem os emblemas da Cinal Pachancho.

O depósito tinha um porta-luvas cromado e o selim era do tipo Confort de suspensão central.

É uma máquina que demonstra as capacidades técnicas e criativas nacionais da época em que foi fabricada, notando-se que foi pensada para ter a sua personalidade, como fica sempre bem.

seja o primeiro a comentar!

Enviar um comentário