2010/01/31

Portaro - Museu do Caramulo


Os jipes Portaro também estiveram representados na exposição Automóveis Portugueses no Museu do Caramulo e as imagens que publicamos mostram o que se podia ver em exposição.

Junto de um exemplar do 4x4 nacional estavam uns móveis com exposição de panfletos, catálogos e autocolantes da marca.

Alguns deles eram em língua inglesa, pois a Portaro exportou muitos veículos para este pais, onde tinha a designação de Portaro Pampas.

É pena que na exposição não constasse nenhuma miniatura deste veículo, como acontecia com a UMM (em parte porque ainda não houve nenhuma marca que produzisse um Portaro à escala em grande quantidade).

Mas penso que não deverá tardar até que alguém meta mãos à obra, e se não for uma produção em grande escala, será em pequena escala - nós agradecemos.

Continue lendo...

2010/01/30

Kart Semog no Mundo Motorizado Desportivo


Esta fotografia com um kart Semog apareceu no suplemento Mundo Motorizado Desportivo, da revista Mundo Motorizado n.º 574.
Nesse suplemento foi publicado um artigo sobre o Raid Maratona Sagres 500, onde este kart Semog com motor Citroen 2 CV participou. Foi pilotado por Pedro Gomes e Luís Couto que, no prólogo, estavam em 148.º lugar tendo subido para 116.º lugar a meio da prova.
Esta imagem tem um toque a "os primórdios", quer pelo evolução que este tipo de veículos teve, quer pela exposição física que o piloto tinha (e também pelos óculos de protecção, que fazem lembrar os pioneiros da aviação).

Continue lendo...

2010/01/29

Sado 550 - Museu do Caramulo


Está a chegar ao fim a exposição Automóveis Portugueses no Museu do Caramulo, pelo que quem ainda não viu, tem agora a última oportunidade.

Hoje mostramos o Sado 550 mais conhecido de todos os Sados 550, trata-se de exemplar da 2.ª série propriedade de Teófilo Santos.

Ao nível das características (mais significativas) que o distinguem dos outros exemplares, temos o deflector frontal, com forma diferente sem local para colocação da matrícula e o vidro traseiro, que neste exemplar é de maiores dimensões.

Continue lendo...

2010/01/28

UCAL corrida especial Columbus / Reynolds - Catálogo UCAL


Uma bicicleta UCAL de corrida especial com quadro Columbus/SL ou Reynolds 531/SL, montada com artigos seleccionados (em Dural) e com rodas 28 x 1,5/8".
O exemplar da fotografia está equipado com cantil para água e com bomba de ar.

Continue lendo...

2010/01/27

Badge para radiador da Sacor


Mais uma colaboração de Carlos Caria (muito obrigado!), desta vez relacionada com a Sacor. Trata-se de um badge para radiador de automóvel em metal esmaltado com cerca de 9 cms de largura por 7 cms de alto com louros recortados e parafuso à retaguarda para fixação na grelha do radiador.
Uma peça marcadamente desportiva.

Continue lendo...

2010/01/26

Chapa de matrícula de bicicleta antiga em liga metálica


Esta chapa de matrícula para bicicleta antiga (e provavelmente também de carroça) era feita numa liga metálica e as letras e símbolo da câmara estão gravados na chapa.

A chapa era emitida pela Câmara de Montemor-o-Novo, bastando só gravar o número atribuído (de segundas vias).

Quem quiser trocar ou comprar uma chapa destas, queira fazer o favor de pedir mais informações via e-mail.

Continue lendo...

2010/01/25

Salvador Caetano Estoril II - Commercial Motor Show


Num artigo publicado na revista Motor n.º 47, datada de 1976, aparece esta fotografia de um autocarro Salvador Caetano, modelo Estoril II. Este modelo esteve no Commercial Motor Show (Reino Unido) onde, segundo Reis Thomáz (que esteve ligado ao Sado 550), foi mais admirado pela sua qualidade e robustez, do que pelo seu custo.

Continue lendo...

2010/01/24

MG Canelas na Automóveis Portugueses - Museu do Caramulo (2/2)


Enquanto não termina a exposição Automóveis Portugueses que está patente no Museu do Caramulo, aproveito para deixar a segunda parte das fotografias do MG Canelas em exposição. Aqui fica mais um motivo para realizar a visita quanto antes.

Já aqui referimos que o MG Canelas tem muitas entradas de ar, tal deve-se ao facto de ter sido feito por engenheiros, entre eles António Andrade - autor do desenho que serviu de base ao aspecto exterior do automóvel)

Por esse motivo é que se pode ver na lateral do automóvel um símbolo com um "a" e a referência a Lisboa, por baixo.

Na imagem anterior podemos ver o espaço do habitáculo do automóvel.

A parte da frente e um pouco da parte inferior do automóvel.

E a terminar, a vista do encosto para a cabeça do condutor, que tem umas formas muito aerodinâmicas (será que foi pensada para dar mais segurança em caso de o carro se virar?).

Continue lendo...

2010/01/23

UMM 4x4 Cournil na Mundo Motorizado - 1979


Na revista Mundo Motorizado n.º 463, datada de Junho de 1979, foi publicado um artigo sobre o UMM 4x4 Cournil - "O jeep português". No artigo era referido que o jipe nacional era fabricado pela União Metalomecânica, Lda., associada da Mocar, sob patente francesa. Era referido que tinha cerca de 62% de incorporação nacional (excepção: motor, caixa de velocidades, transmissão, direcção e caixa de direcção).

Para a reportagem de revista foi realizado um percurso na Serra de Sintra, com muitos obstáculos, que foram facilmente vencidos com facilidade pelo UMM. O autor do artigo chega mesmo a dizer que só ficou com uma dúvida: Qual o obstáculo que o UMM não seria capaz de vencer?
Era referido que além do equipamento de série, podia-se adaptar um guincho mecânico de 3 toneladas, tomada de força, equipamento de incêndio, "break", reboque para 1000 kg ou ainda um dispositivo hidráulico que permite a montagem de lâminas-niveladoras, pá escavadora, charruas, etc.
O anuncio termina referindo que este projecto era orientado essencialmente para a exportação.

Continue lendo...

2010/01/22

Alfinete de lapela EFS


Mais um alfinete de lapela desta vez das motorizadas e ciclomotores EFS.
Por baixo do triângulo com o letring da empresa, tem escrito Portugal.
Agradeço a José Feitor pela oferta deste alfinete.

Continue lendo...

2010/01/21

Fotos de caravana Vimara (1983)


Em 1983 a revista Mundo Motorizado n.º 510 apresentava um artigo sobre a indústria nacional de caravanas e atrelados-tendas. Nesse artigo apareciam duas fotografias de uma caravana Vimara (exterior e interior) que aqui publicamos.
No artigo é referido que a Marcampo se destacou na Nauticampo pela variedade e qualidade das caravanas expostas. Segundo o artigo, foi nesse evento que a marca apresentou pela primeira vez construções realizadas com painéis tipo "sandwich", com 6 faces totalmente isoladas. Era usado alumínio pré-lacado tricolor, que não exigia despesas de conservação.

Em relação ao interior, era referido que o bloco de cozinha tinha exaustor de fumos e o chão tinha alcatifa vinílica. Era ainda possível isolar a zona dos quartos com recurso a portas rígidas ou de fole.
Até dá vontade de ter uma e deixar de lado o teclado do computador por alguns dias...

Continue lendo...

2010/01/20

Símbolo / emblema SIS Sachs


Mais um símbolo de uma marca de motorizadas nacionais, desta vez é da SIS Sachs.
A parte da frente do símbolo para colocar no depósito de combustível está protegido com uma película plástica, motivo pelo qual parece existir sujidade no emblema.

Na parte de pode-se ver o material que irá prender o símbolo à chapa do depósito.

Continue lendo...

2010/01/19

UCAL BMX Super Turbo 16 - Catálogo UCAL


Mais uma bicicleta tipo BMX, modelo Super Turbo da UCAL, com roda 16 e com 1 amortecedor.
Os guarda-lamas tinham palas em plástico nas extremidades e os pneus eram em borracha colorida.

Continue lendo...

2010/01/18

Vídeo sobre Chaimite de monumento a Salgueiro Maia


Continuamos a apresentação de vídeos relacionados com a rodas nacionais. Este em concreto mostra o blindado Chaimite que está junto da estátua de Salgueiro Maia, em Santarém, a ser retirado por elementos do exército para ser recuperado.
A recuperação foi realizada para as comemorações do 10 de Junho de 2009, que decorreram em Santarém, e para a homenagem que o Presidente da República fez ao capitão Salgueiro Maia.
Segundo a informação constante no vídeo, a remoção da viatura demorou 2 horas e graças a este registo temos um interessante documento relacionado com os blindados em questão.
O vídeo é do utilizador TV4Ribatejo do Youtube.

Continue lendo...

2010/01/17

Palas Sachs para guarda-lamas


Depois da versão Casal com o logótipo em verde, apresentamos as palas para motorizada com a marca Sachs, especialmente indicadas para motorizadas SIS Sachs.
Um acessório útil para quem quer restaura uma motorizada que era usada (ou não!...) à chuva ou em locais com lama.

Continue lendo...

2010/01/16

Site Amigos das 50 - www.amigosdas50.com


Nos últimos anos temos assistido à criação de sites e blogues dedicados a motos e a motorizadas. O site Amigos das 50 é mais um local a visitar pelos entusiastas deste tipo de veículos.
Logo na página de abertura é feita a apresentação dos mentores deste projecto, apresentação essa que citamos:
No dia 17 de Junho de 2006, nasce em Sandiães Ponte de lima, o Clube Amigos das 50tas. Na altura, sete amigos aficionados das motas de 50cc decidem fazer uma viagem até ao Santuário da Nossa Senhora de Fátima, depois de um grande sucesso decidem criaram esta Associação com o objectivo de juntar todos aqueles que têm a paixão pelas motas antigas.
Um ano depois, os Amigos das 50tas já contava com 16 membros que tinham restaurado as suas velhas motas e agora pareciam novas, desde então que todos os anos se realiza a mesma viagem ao santuário da Nossa Senhora de Fátima. O clube é dirigido por 3 membros, João Fernandes (Presidente), José Ralha (Vice-Presidente) e Agostinho Cardoso (Tesoureiro).
Recentemente criamos um Web site onde publicamos as motas de todos os membros e de todos os eventos efectuados pelos Amigos das 50tas.
O Clube Amigos das 50tas, situa-se na freguesia de Sandiães, concelho de Ponte de Lima.

São várias as áreas existentes no site: Notícias e Eventos, Humor, Membros, Blog, Contactos e Peças.
Destacamos a zona dos Membros onde podem ver uma Famel Zundapp XF 17 Super e uma Famel Zundapp Z3, mas onde também podem também mostrar a motorizada que têm na garagem.

Destacamos também a zona dos Eventos, onde são apresentadas fotografias de motorizadas e ciclomotores nacionais que estiveram presentes na Concentração de Barcelos. Carregando nas imagens em ponto pequeno, elas ficam maiores e é possível observar melhor os pormenores das máquinas de duas rodas que participaram no evento.

Agora passem pelo site, façam o vosso registo e comecem a mostrar as vossas máquinas!

Saber mais:
- Amigos das 50

Continue lendo...

2010/01/15

Chassis da automotora ME em experiência


Apresentamos mais um documento histórico relativo às automotoras ME, dos Caminhos de Ferro do Vale do Vouga. Trata-se de uma fotografia onde podemos ver dois dos elementos ligados à construção destas automotoras, juntamente com elementos da direcção da empresa.
Com a preciosa colaboração de Caldas Duque (filho do Eng.º Melo Duque - identificado na imagem), pudemos ficar a saber um pouco mais sobre esta fotografia, que aparentemente é uma simples foto de grupo.
Passemos então a explicar o que está por detrás desta fotografia, contado directamente por Caldas Duque:
A construção das automotoras ME trouxe alguns aborrecimentos ao Eng. Melo Duque, bem como aos seus colaboradores ferroviários, pela persistente teimosia em fazer rolar em carris de ferro o que era já dado como sucata. O país começava a saber como eram difíceis os primeiros tempos da IIª Guerra Mundial.
Tudo começava a escassear e era urgente que se apoiassem as iniciativas capazes de compensarem, logo de princípio, o que começava a ser racionado e depois faltava mesmo sem apelo nem agravo. Mas nesses tempos outros valores mais altos se levantavam: E se um engenheiro chateava muita gente... Imagine-se como uma Tracção e Oficinas chateariam muito mais!...
Na fotografia podemos ver uma experiência com o chassis do que viria a ser a célebre ME51, juntamente com várias pessoas, o Eng.º Melo Duque e o Chefe das Oficinas Simão estão devidamente identificados e até alguma coisa distanciados dos restantes por motivos óbvios. Esses seis senhores, cujos nomes desconhecemos, deslocaram-se a Sernada-do-Vouga, após "grandes" insistências (algum ou alguns deles na qualidade de Directores dos Caminhos de Ferro do Vale do Vouga), para acreditarem no milagre! Note-se que a automotora tinha sido construída a partir de um camião velho, e que era grande demais para circular nas estradas da zona. Só depois desta celebérrima fotografia, a luz verde se acendera para que as ME52 e ME53 se fizessem! É bom que se saiba que o "parto"da ME51 não foi nada fácil... E que vezes sem conta Caldas Duque assistiu à cumplicidade dos ferroviários quando a mando do Chefe Simão cobriam com oleados de vagões o chassis que se andava a "fabricar" às escondidas desses senhores!... Até procedimentos disciplinares foram alvitrados.... É bom que se tenha isso em memória!...

A terminar informamos que Caldas Duque tinha intenção de oferecer a fotografia devidamente legendada, porque tencionava oferecê-la ao Museu da Macinhata-do-Vouga para que ficassem melhor esclarecidos sobre QUEM foi e o que ERA a primeira e verdadeira automotora construída neste país, em 1940, pois para sua desilusão completa quando visitou o espaço museológico não viu nenhuma referência ao evento nem aos responsáveis por ele!

Continue lendo...

2010/01/14

Publicidade Sacor no Jornal do Exército n.º 1 (1960)


Esta publicidade da SACOR foi publicada no Jornal do Exército n.º 1 em Janeiro de 1960. A "SACOR" era uma das firmas que anunciava no "Órgão de informação, cultura e recreio do Exército Português" que acabava de nascer.
Este mês de Janeiro de 2010 o Jornal n.º 591, para assinalar os 50 anos de edição, publica em suplemento o n.º 1 em "Fac-Simile".
Agradeço a Miguel Machado (do site Operacional) pelo envio desta colaboração.

Continue lendo...

2010/01/13

V5 Top Racing a decorar um bar


Nestas fotografias podemos ver uma motorizada SIS Sachs V5 Top Racing que é usada como elemento decorativo no bar "Museu da Avó" situado na Travessa de Cedofeita, na cidade do Porto.
Já faltou mais para se poder fazer um roteiro turístico só com locais de interesse para os admiradores das rodas nacionais!

Mais um conjunto de fotografias que nos foram enviadas por Olhorobot (e mais uma vez muito obrigado!).

Continue lendo...

2010/01/12

Mabor - Emblema de lapela


Este emblema de lapela da Mabor foi-nos enviado por Carlos Caria (que tem deixado regularmente comentários neste blogue e entretanto enviou-nos esta fotografia - muito obrigado!)
O desenho é igual ao que foi publicado na revista Panorama n.º 32 e 33, mas a cores. É em metal esmaltado e tem cerca de 1,5 centímetros de diâmetro.
Os elementos gráficos usados estão directamente ligados à marca: a esfera armilar (Portugal), esquemas gráficos do piso dos pneus e uma estrela (qual o motivo pelo qual é usada?...).

Continue lendo...

2010/01/11

Revista DaMoto Clássica n.º 18


Já está nas bancas mais um número da revista DaMoto Clássica e como vem sendo hábito, as motorizadas nacionais continuam a ter lugar ao longo da revista.
Desde artigos mais pequenos a artigos mais extensos, com e sem fotografias, são várias as marcas e modelos visados: EFS Puch 125, Casal Carina, SIS Sachs Lebre, triciclos nacionais....
O destaque vai para a colecção de ciclomotores e motorizadas de Castanheira de Pêra, passando pelo Passeio de Almodôvar e pelo restauro de uma SIS Sachs Fuego.
A motorizada nacional do mês é a Casal RZ50.

Continue lendo...

2010/01/10

UMM Cournil (BM-00-94) - Museu do Caramulo


Até 31 de Janeiro ainda podem ver a Exposição Automóveis Portugueses, patente no Museu do Caramulo. Nela consta o UMM Cournil que participou em 3 edições do rali Paris-Dakar (1982, 1983 e 1984), inicialmente com o número 218 (Diogo Amado e Pedro Vilas Boas), depois com o número 216 (Artur Rodrigues, Silvino Alves e Norberto Tomé) e finalmente com o número 218 (Vítor Paula Cardoso, Norberto Soares e Jorge Lopes).

Este exemplar, tal como o "irmão BM-00-92" foram restaurados recentemente e têm sido mostrados publicamente.

Continue lendo...

2010/01/09

António Augusto Parente e outros nomes ligados aos automóveis nacionais - anos 50


Durante a tarde em que fiquei a saber mais sobre António Augusto Parente, pude ver um recorte de um jornal de 1955 (relativo à Taça Cidade do Porto?...) onde constavam fotografias dos vários pilotos / construtores de automóveis nacionais da década de 50.
Como muitas vezes conhecemos os automóveis e os nomes a eles ligados, mas não conhecemos a imagem correspondente ao nome, aproveitamos para aqui publicar as fotografias que estavam no recorte de jornal.
A primeira imagem é relativa a António Augusto Parente que correu em Etnerap.

De seguida, temos Victor Guimarães que correu em F.A.P.

Depois segue-se F. L. "Constantino" que correu no automóvel L.N.A.

Segue-se Corte Real Pereira que correu em Alba.

E António Martins Pereira, também em Alba.

Terminamos com Abílio Barros que correu em F.A.P., este aparece numa fotografia ao volante de um carro de competição, usando um capacete.

Continue lendo...