2015/07/31

10.º Aniversário do Clube UMM - Fagilde


Os anos passam, mas o Clube UMM continua com a mesma vitalidade de sempre.
No próximo dia 14 de Novembro de 2015 comemora o seu 10.º aniversário. Por esse motivo haverá um encontro de jipes UMM em Fagilde.

Aqui fica um pequeno texto que nos fala do que está em preparação:
"Estamos a trabalhar no sentido de proporcionar um bom momento de convívio entre todos os participantes em mais um aniversário do Clube UMM, pretendemos que seja mais um dia de grande festa nesta nossa comunidade, este ano, tal como já tinha sido anunciado, vamos deslocar-nos até à bela localidade de Fagilde (perto de Viseu).

Resta-nos agradecer ao nosso associado e amigo Sérgio Serra e da Sara Peixoto, por todo o apoio e colaboração para que tudo esteja perfeito para mais um aniversário do Clube UMM.

Contamos com a vossa presença.
Dentro em breve daremos mais detalhes."

Continue lendo...

2015/07/30

Ciclomotor Vilar Pachancho - Automobilia da Moita 2015 (1/2)


Na última edição da Automobilia Ibérica da Moita (2015) este ciclomotor Vilar com motor Pachancho foi uma das máquinas que nos encheu a vista.

Há quem perca algum tempo discutindo se um motorizada é ou não de fabrico nacional, argumentando que pelo facto do motor não ser nacional, não se pode considerar que seja nacional...

Para esses há ciclomotores como este! A montagem é Vilar e o motor foi feito em Braga, na Pachancho. Mais nacional, é difícil!

O farol era da marca CEV e aparentemente resistiu bem à passagem do tempo.

Com a pintura aconteceu o mesmo, ainda é possível ver o trabalho de filetagem feito, por exemplo no guarda-lamas da frente.

O escape tinha a terminação tradicional nestes modelos, dando uma sugestão aerodinâmica.

Na tampa do guarda-corrente constava a marca Pachancho escrita em metal recortado, numa liga diferente.

Junto da roda de trás, este ciclomotor estava equipado com duas malas para transporte de pequenas mercadorias, como acontecia no velomotores Vilar Cucciolo.

Mais fotografias brevemente!

Continue lendo...

2015/07/29

3.º Passeio de Motorizadas e Motos Clássicas - Pêro Negro


No final do mês de Agosto, mais concretamente no dia 30, realiza-se o 3.º Passeio de Motorizadas e Motos Clássicas em Pêro Negro.
A concentração começa pelas 9 horas e prolonga-se até depois das 13 horas, altura em que haverá o almoço.
Haverá prémios para o maior grupo, para a motorizada mais antiga e para a moto mais antiga.
Para mais informações, usar os contactos existentes no cartaz.

Continue lendo...

2015/07/28

Foto de fábrica da Casal K 270 - Modelo de exportação


Na tarefa de aqui mostrarmos as 125 cc de fabrico nacional, já tínhamos publicado uma fotografia do modelo K 270 que a Casal tinha feito e que é um pouco diferente dos modelos que conhecemos. Aparentemente um modelo de exportação.
Com esta fotografia de fábrica podemos ver outra variação do mesmo modelo, onde o guarda-lamas da frente não está colocado tão em cima, mas sim junto da roda. Há também diferenças na pintura, sendo esta menos dinâmica do que a outra.
O selim é quem mais dá nas vistas, terminado com o (e no) farolim. Se a malta das café racer vê esta ideia, rapidamente a vão adaptar para os modelos que transformam.
Obrigado a Ricardo Moreira pela cedência desta fotografia!

Continue lendo...

2015/07/27

Carrinha Austin Mini IMA de Custódio Silva


Depois de aqui mostrarmos a Cruzador Smith de Custódio Silva (obrigado por mais estas fotos) e no seguimento da publicação do folheto da carrinha Mini IMA, mostramos mais um clássico com toque nacional.

É uma carrinha Austin Mini IMA, mas das que têm duas portas na parte de trás (em vez de uma, que abre para cima).
Como se costuma dizer, está toda “ao original", tendo-se resistido à tentação de lhe colocar jantes especiais, acessórios ou outros extras...

O facto de estar como era originalmente, acrescenta-lhe valor e desperta a curiosidade por onde passa.
Quando andarem pelo Alentejo, não se admirem se a virem!

Continue lendo...

2015/07/26

1.º Passeio Motorizadas Clássicas 50 cc - Cepões


Ainda recentemente falávamos de eventos relacionados com motorizadas clássicas e que decorriam durante o mês de Agosto... O  5.º Passeio de Motorizadas Antigas - Motorizada Clube da Afeiteira - Vendas Novas e um deles.
Entretanto obtivemos notícia de que em Cepões (perto de Viseu) vai decorrer o 1.º Passeio de Motorizadas Clássicas 50 cc, no dia 2 de Agosto de 2015.
O programa começa pelas 8 horas e 30 minutos e prolonga-se até depois das 23 horas, terminado com a actuação da Banda Red.
Para mais informações, usar os contactos existentes no cartaz.

Continue lendo...

2015/07/25

Motorizada SIS Sachs Lebre - Automobilia Ibérica Moita 2015


Velharias como um motor de rega, uma caixa para transporte de garrafas de vidro e utensílios em metal foram os adereços escolhidos para enquadrar uma motorizada SIS Sachs Lebre que estava para venda na última Automobilia Ibérica da Moita, a edição de 2015.

Aparentemente a pintura era a original e exibia os sinais da passagem do tempo, mas estava perfeitamente aceitável para voltar a circular no dia-a-dia ou em passeios de motorizadas antigas.

Continue lendo...

2015/07/24

Triciclo antigo a pedais vermelho em madeira e metal (1/3)


Os brinquedos antigos juntam cada vez mais entusiastas e coleccionadores e os que têm rodas são dos mais populares.

Este triciclo antigo a pedais em madeira e metal, com punhos em plástico e pneus em borracha maciça é um objecto que tem condições para ficar numa colecção da temática.

É mais um exemplar dos triciclos que eram construídos antigamente e vendidos em bazares, especialmente em meios populacionais de maior dimensão.

A construção é simples, tendo como base um tábua recortada, que serve de quadro e componentes em metal que fazer os componentes para as rodas, guiador e forqueta.

Os raios das rodas são em arame grosso e presos ao cubo da roda através de uma dobra feita no metal deste último.

As rodas em borracha preta têm o piso listado, tanto na parte da frente como na de trás.

A parte de trás do triciclo é presa na madeira com recurso a parafusos, em 3 pontos diferentes.

E o selim é forrado em napa, tendo no interior um tábua de madeira. É preso à parte de baixo com recurso a pregos.

Continue lendo...

2015/07/23

X Passeio Motas Antigas da Pedra - Ventosa


É já no próximo fim-de-semana, no dia 26 de Julho de 2015, que se realiza o X Passeio Motas Antigas da Pedra - Ventosa.
Para mais informações usar os contactos existentes no cartaz (clicar na imagem).

Continue lendo...

2015/07/22

Bicicleta pasteleira Sadina - 6.º Passeio de Pasteleiras - Pinhal Novo


Há uns anos mostrámos a chapa de testa de uma bicicleta pasteleira de marca Sadina, que esteve num passeio de bicicletas antigas realizado em Pinhal Novo.

Na última edição voltou a ver-se uma bicicleta desta marca (se é que não é a mesma bicicleta, só que agora já restaurada).

Estava pintada de verde, com filetes em dourado.
Era um modelo de senhora, pelo que tinha o quadro aberto, que foi fabricado pela Fundador.

Como foi restaurada recentemente, levou muitos componentes novos ou de fabrico recente.
Os pedais eram da Ciclo Fapril.

E o selim em couro era da Tabor.
O guarda-corrente de trás tinha os tradicionais elásticos coloridos que eram usados para evitar que o tecido das saias das senhoras se prendessem nos raios da roda.

Continue lendo...

2015/07/21

Kart Semog Bravo de Damien Heuzey - Motor Clássico 2015


No salão Motorclássico - Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Clássicos, de 2015, esteve em exposição este kartcross Semog Bravo.

É um veículo usado em competições pelo piloto francês Damien Heuzey.

Não é de estranhar que seja um piloto francês a pilotar este kartcross Semog Bravo, pois a Semog vende muito para o estrangeiro, especialmente para França e Espanha.

Esta situação não se justifica só pelo aspecto e capacidades dos Semog, mas sim pelos bons resultados que vão obtendo nas provas em que participam.

Num olhar mais detalhado facilmente nos apercebemos dos detalhes de construção e dos componentes usados para suportar maus tratos numa pista onde terra e pedras são uma constante.

Este Semog Bravo estava novo, acabado de sair da linha de produção.

Estava pintado de branco na parte superior e de preto na parte inferior. A cor amarela aparece de forma muito limitada, combinando com o emblema da marca Semog.

Agora imaginem o som e a velocidade desta máquina...

Continue lendo...

2015/07/20

Motorizada Diana com motor Zundapp - Oficina de João e Nelson Ferreira


As motorizadas de inícios de anos 60 têm sempre umas formas e especiais, resultado de não se olhar muito a poupar horas de trabalho ou poupar material. Em resultado disto os guarda-lamas eram generosos e as curvas existiam um pouco por todo o lado.
Esta motorizada Diana com motor Zundapp é um bom exemplo desses tempos.

Está a trabalhar e tem a pintura original em vermelho e preto, por pormenores a branco.

Para qualquer assunto relacionado com esta motorizada, ou para a comprar, contactar a oficina de João e Nelson Ferreira
Telem.: 965205686 - João Ferreira
Telem.: 916817999 - Nelson Ferreira
Ou usar o e-mail: n_a_ferreira@hotmail.com
Site: www.motosclassicas.yolasite.com

Continue lendo...

2015/07/19

6.º Encontro de Motorizadas Antigas do Chinicato


O 6.º Encontro de Motorizadas Antigas do Chinicato, em Lagos (Algarve) realiza-se domingo, dia 26 de Julho.Uma boa desculpa para fazer um passeio pelo concelho de Lagos.
Para mais informações, contactar a organização ou visitar o blogue d' Os Guerreiros do Chinicato.

Continue lendo...

2015/07/18

Vídeo com tricarro Famel Mamute Zündapp de 1983 - Portugal


Numa altura em que pequenos triciclos motorizados de venda ambulante parecem ser a resposta para o auto-trabalho e para a independência profissional de muitos - situação alimentada pela demanda de turismo low-cost e pela demanda de novas rotinas e novos hábitos; mostramos um vídeo com um tricarro Famel Mamute, do ano de 1983, que foi adaptado para venda de castanhas assadas.
 Sim, é verdade, os triciclos motorizados há muitos e muitos anos que têm sido usados para o auto-trabalho e para a independência profissional de muitos. As adaptações mais conhecidas são a que mostramos, mas também havia os triciclos que vendiam gelados, os triciclos que serviam para transportar gás e os triciclos que serviam para venda ambulante de peixe fresco!
Foram precisos uns 20 anos para as mentalidades mudarem ao ponto de se deixar de olhar para um tricarro de venda ambulante com desprezo e passarem a ser olhados como a "cabana à beira-mar onde podemos ser felizes e queremos acabar os nossos dias"... Mas os fabricantes nacionais de triciclos motorizados já cá não estão para vos ajudar... Agora só podem comprar triciclos motorizados vindos do estrangeiro, perdendo-se a novidade, a surpresa e a diferença tão necessária no turismo de qualidade!
Este vídeo está publicado na página do utilizador MyScooterchannel no Youtube.com.

Continue lendo...

2015/07/17

Motorizada Vouga para restauro - Moto & Restauro (Fundão)


Na Moto & Restauro, na cidade de Fundão, já sabem que podemos encontrar restauros de qualidade e, como se isto não fosse já suficientemente bom, também lá podemos encontrar motorizadas que não são muito frequentes de se ver.

Já aqui mostrámos algumas como a Dúnia com dois escapes, bem como uma Tróia 504 TS, entre outras...

Hoje é a vez de mostrar uma motorizada vendida pela Sociedade Comercial do Vouga, L.da. (empresa fundada em 1946 e ainda em actividade).

Aparentemente é uma motorizada que foi fabricada pela Famel, aparentando ser o modelo Caçador ou Falcão.

O farol tem o velocímetro embutido, sendo este da marca Huret, "made in France".

É uma motorizada equipada com motor Zundapp de turbina.

Os cromados estavam presentes em grande número, fosse nas hastes que seguravam o guarda-lamas dianteiro...

Fosse no tampão do depósito de combustível, que nesta motorizada Vouga dizia em relevo "Use óleo Sacor SAE 40".

Isto já para não falar nos varões de protecção das pernas, tanto na zona da frente, junto ao motor...

... Como na parte de trás, depois dos amortecedores.

A motorizada está com a sua pintura original, a preto, com apontamentos a branco.

No guarda-lamas de trás ainda é possível ver um decalque antigo

Para mais informações sobre esta motorizada ou sobre restauros de outras motorizadas, podem contactar a Moto & Restauro pelo telemóvel 962448182 ou o 968423967 (Moche) ou pelo e-mail jadantunes@hotmail.com.

Continue lendo...