2008/10/31

EFS 301 m ex-GNR?


Esta motorizada EFS 301 m tem o banco mais curto do que é normal e por outro lado o suporte para mercadorias, o também chamado "porta-couves" tem umas dimensões bem generosas.

Por esse motivo pergunto: será que esta motorizada pertenceu à GNR ou a outra instituição pública?

Continue lendo...

2008/10/30

Vagões plataforma SEPSA


Vagões plataforma Sepsa, empresa de metalomecânica pesada, fundada em 1948.

A placa identificativa do fabricante, já com uma camada de tinta... A placa de baixo (estreita) será de alguma empresa que fez alguma adaptação nestes vagões?

Neste caso transportavam sacos de cimento.

Continue lendo...

2008/10/29

Dina 104 - Catálogo ciclomotores Confersil


Aqui fica a continuação do catálogo de ciclomotores Confersil, trata-se da motorizada Dina 104.
Esta motorizada tinha o quadro em chapa de aço estampada e atingia 40 km/h.

Muito obrigado ao Sr. Manuel por permitir o acesso a este catálogo!

Continue lendo...

2008/10/28

UMM Cournil com canhão (militar)


Com esta colaboração de Ricardo Gomes Rua (um grande muito obrigado!) acabamos em grande a semana de comemoração do 2.º aniversário deste blogue.
Para quem não sabe Ricardo Gomes Rua e moderador do fórum amigos das pasteleiras - Fórum dedicado aos clássicos de duas rodas sem motor, onde se podem encontrar informações sobre bicicletas clássicas nacionais e estrangeiras (especialmente inglesas, mas também há outras!). O fórum amigos das pasteleiras é o local indicado para quem quer saber mais sobre a história das bicicleta antigas, mas também para quem restaura bicicletas ou procura acessórios ou informações específicas sobre as mesmas. Visitem!

O UMM Cournil militar de porta pequena que apresentamos é uma versão com canhão sem recuo, que tem várias transformações e adaptações quando comparado com um UMM Cournil normal.
Na primeira imagem podemos ver que o pára-brisas foi dividido ao meio (mais coisa menos ela...), de modo a permitir transportar o canhão. Esta adaptação fez com que a colocação das escovas dos vidros fosse diferente.

Ao nível da dianteira há ainda outras particularidades, como é o caso do pneu suplente que está colocado à frente do radiador. Esta situação não é comum, pois existem versões muito semelhantes a esta com o pneu suplente colocado lateralmente, por fora do jipe. Esta solução poderá fazer com que o motor aqueça demasiado. Note-se que o pneu é da Camac.

Na imagem anterior pode-se ver o canhão, bem como os bancos laterais do UMM para transporte de 4 soldados (2 de cada lado).

A climatização do veículo parece não existir, coisa que se compreende pois o corte do pára-brisas deverá deixar entrar muito ar - com o veículo parado ou em movimento. A juntar a este facto, há ainda a referir que capota de lona (a existir) também deverá ser de utilização limitada, pelos motivos que facilmente se imaginam.

Por fim podemos ver o corte da chapa lateral, na parte final do veículo, certamente relacionada com a manipulação e uso do canhão. Este exemplar ainda se encontra no activo e espero que quando deixar de estar passe directamente para o acervo de um museu - e claro, em exposição!

Saber mais:
Várias imagens sobre UMM com canhão - forum.modelismo-na.net

Continue lendo...

Motorizadas Arunca


Aqui fica o símbolo das motorizadas Arunca.
Quem souber mais informações sobre esta marca, faça favor de deixar comentários. Obrigado!

Continue lendo...

2008/10/27

Mais Berliet Tramagal


Mais uma série de fotografias de camiões militares de marca Berliet Tramagal que nos foram enviadas por Daniel Carvalho (e mais outra vez agradeço a colaboração!).

Na imagem anterior, pode-se ver um "batente" ou reforço em madeira no pára-choques, bem como os faróis colocados no pára-choques.

Na imagem anterior vê-se que o último exemplar Berliet tramagal tem um "nariz" diferente dos restantes. Tem ainda entradas de ar lateralmente.

A terminar um exemplar Berliet Tramagal GBC 8KT com capota de lona.

Saber mais:
- GBC 8KT (Tramagal) - www.areamilitar.net

Continue lendo...

Porta-chaves UMM (MARPAL)


Há quem diga que porta-chaves metálicos não são uma boa escolha pois riscam o tablier dos carros sempre que há mais oscilação do veículo.
No entanto estou certo de que muitos entusiastas da marca UMM não se importavam de ter as chaves do seu jipe UMM num porta-chaves como este - da época.

O porta-chaves é do concessionário Peugeot e Talbot no Montijo (Rua José Joaquim Marques, 150) e com stands no Barreiro e em Setúbal.

Continue lendo...

2008/10/26

Bicicleta Longines - Sangal


Aqui fica mais uma marca de bicicleta que pelo nome parece ser estrangeira, mas não é.

Trata-se de um Longines com peças Sangal.

Continue lendo...

BB Cabrio no JN 93


Mais um livro que deve constar na biblioteca dos interessados por automóveis de fabrico português. É o Auto JN 93, editado pelo Jornal de Notícias em 1993.
São várias as referências a carros e jipes nacionais, entre eles o Citroen AX BB Cabrio (do qual mostramos imagens), os UMM e o Portaro.

Na página relativa ao BB Cabrio podemos ver várias fotografias do descapotável da Citroen, com a capota, sem a capota, com a capota a recolher e da parte traseira do Citroen AX BB Cabrio (amantes do modelismo, aqui está uma boa fonte de informação).
Podemos ainda ver e ler (carreguem na imagem com o cursor do rato, que ela fica maior) um pouco das características deste veículo, bem como da história deste automóvel transformado pela Benjamin Barral.

Continue lendo...

2008/10/25

Guri - Motorizada c/ motor Casal por 1 euro!


Não... Não me enganei!
Alias, não foi vendida por 1 euro, mas sim por cerca de 75 cêntimos (menos de um dólar americano)!
E não foi a motorizada da imagem, mas sim outra igual, como podem ver aqui! (no final está um "print screen" da venda da motorizada)

Isto só prova que o "sonho americano" ainda continua vivo e que não vale a pena andar em correrias. É preciso ter calma a aproveitar as oportunidades.

Numa das imagens pode-se ver o emblema que já esteve colocado no depósito de combustível, que entretanto saiu mas ficou a marca do desgaste provocado pelo Sol.
Esta motorizada é de roda pequena e é parecida com a Motalli POP.

Esta motorizada Guri tem o suporte para mercadorias colocado na zona das pernas do condutor (entre o banco e o depósito), enquanto que a caixa de ferramenta está colocada na parte traseira (no final do banco) - normalmente é ao contrário!

Existem dúvidas se esta motorizada é mesmo da marca Casal ou de outra marca nacional. Deixem a vossa opinião.

Saber mais:
- Casal Guri - Motorizadas50.com

Continue lendo...

AC Cobra 427 por António Freitas


Mais uma colaboração para o blogue que nos foi enviada por Rúben Teixeira (muito obrigado!).
Trata-se de um recorte de uma revista de clássicos inglesa "Throughbred and Classic Cars" e é relacionado com uma réplica à escala do AC Cobra da década de 60 que é fabricada na oficina do Ernesto Freitas da LusoMotors em Guimarães.

Saber mais:
- http://www.mundo.iol.pt/ernestofreitas/motores/

Continue lendo...

2008/10/24

Catálogo de ciclomotores Confersil


Depois de apresentado todo o conteúdo do catálogo de ciclomotores EFS, começamos hoje com a apresentação do catálogo de ciclomotores Confersil.
Na capa, impressa a cores, sobressai uma fotografia em que a lente da máquina usada repetia uma secção da imagem, dando uma sensação de movimento.

Na parte de trás do catálogo, podemos ver várias informações sobre os contactos da Confersil Motorizadas e bicicletas Lda., Corga - 3751 Águeda - Portugal. Telef. 62466 ou 63055 - Telex 25184 Assina P (Associação Industrial de Águeda).
Este catálogo da Confersil foi impresso na Lito Águeda.

Muito obrigado ao Sr. Manuel por, também, permitir o acesso a este catálogo!

Continue lendo...

Portaro no Algarve


Este exemplar de Portaro com pintura de camuflado foi-nos enviada por Bruno Pires do blogue Vai5 (muito obrigado pela colaboração!).
Para além da pintura a imitar o camuflado militar, também tem jantes especiais e uma capota personalizada.

Aproveitamos para sugerir uma vista ao blogue Vai5, onde se podem encontrar muitas fotografias de motorizadas nacionais acompanhadas de textos. Este blogue é curioso pois usa as fotografias referidas como ponto de partida para textos - que tanto podem ser irónicos, como textos livres, roçando por vezes o non-sense. Visitem!

Continue lendo...

2008/10/23

Brinquedo Fabruima "Sinca" (?) de 1960 (parte 1/2)


Depois de aqui ter mostrado a lambreta Fabruima, hoje é a vez de mostrar um outro brinquedo antigo a pedais construído pela mesma empresa de Caldas de São Jorge.

Se na lambreta havia muitos pormenores que mostravam que a empresa que construía estes brinquedos não brincava em serviço, com este exemplar não há qualquer margem para dúvida.
A Fabruima em 1960 (provável data de fabrico, escrita na matrícula) equipava este modelo com buzina e com luzes, para além de a direcção funcionar como num carro a sério. Pelo que podemos dizer que estes brinquedos seriam o "topo de gama" na altura.
Note-se que os botões das luzes e da buzina estão no tablier, ao lado do eixo da direcção.

Na imagem anterior temos o pormenor da grelha, bem como do pára-choques e os faróis. Nestes ainda é possível observar uma das lâmpadas.
Por cima da grelha está escrita uma marca, provavelmente Sinca. Infelizmente o uso e os anos já retiraram alguma da pintura e não da para perceber se seria Sinca ou Simca (ou alguém lê outra coisa na marca?...).
No tablier existe um elemento metálico que divide o capot ao meio.

Para terminar, uma das rodas com o nome da empresa Fabruima. O letring escolhido era "jovem" e tinha na letra "F" reminiscências da escrita manual, como era uso na época.

Continue lendo...

Motor - Engine Casal M 152


Mais uma ficha técnica de um motor Casal, desta vez é o modelo M152.
Na parte da frente do folheto, podemos ver que este motor a dois tempos tinha 49,8 cm3 de cilindrada, o cilindro tinha 40 mm, tinha 4 velocidades, com selector de pé. O cilindro era em metal ligeiro revestido interiormente com cromo-duro.

O carburador era Bing 1/19/180, o volante magnético era Bosh de 6 V / 17 W. A embraiagem era de discos em banho de óleo. O combustível era mistura de 1 parte de gasolina para 1/4 de óleo. O arrefecimento era por turbina.

Muito obrigado ao Sr. Manuel por permitir o acesso ao panfleto!

Continue lendo...

2008/10/22

Edfor V8 + Manoel de Oliveira = Momento único


Agora que vivemos um momento especial, daqueles que não acontecem todos os dias - comemoramos 2 anos de existência, aproveitamos para apresentar uma fotografia que retrata um desses momentos e está ao mesmo nível da fotografia de José Megre a dar uma entrevista para a TV junto do seu UMM Cournil Dakar.
Neste caso temos (do lado esquerdo) Manoel de Oliveira à conversa durante a apresentação do Edfor V8 no salão Autoclássico 2006, na Exponor.
Manoel de Oliveira segura na mão uma fotografia do Edfor Grand Sport com matrícula NT-10-68 e uma cópia (?) do catálogo/brochura/panfleto de apresentação do referido Edfor Grand Sport.
A "cereja no topo do bolo" é o Edfor V8 com o capot aberto, situado ao centro da imagem!

Continue lendo...

Vídeo sobre o UMM Cournil Dakar de Megre - RTP


Aqui fica o vídeo da reportagem emitida pela RTP sobre o UMM Cournil "Dakar" que esteve em exposição na Feira de coleccionismo e do veículo antigo, com a matrícula BM-00-92 de José Megre.
Neste importante documento histórico é possível ver e ouvir sobre o que já aqui dissemos.
Para além do UMM referido, é ainda possível ver imagens de época (atrevo-me a dizer que são imagens de Super 8...) dos outros UMM Counil que participaram na aventura africana, bem como dos intervenientes.

Este vídeo está na página do utilizador Qwertyleiria do Youtube.

Continue lendo...

2008/10/21

Citroen FAF da Companhia de Transportes


Num dos artigos sobre Citroen FAF militar, na parte dos comentários, questionava-se se estaria guardado algum exemplar em bom estado de Citroen FAF.

Pois aqui está a resposta! Graças a Daniel Carvalho (mais uma vez obrigado pela colaboração) ficámos a saber que sim!

Este exemplar está guardado no fundo museológico da Companhia de Transportes e até tem uma ficha técnica onde podemos ler que este Citroen FAF é o modelo MF 7880 FAF, para Transporte de Pessoal, tem 375 cc de cilindrada, autonomia para 350 km, funciona a gasolina, pesa 560 kg, tem 3,83 m de comprimento e 1,48 m de largura.

Na imagem anterior, um Citroen FAF junto de viaturas Mercedes, Land Rover, Unimog...

A terminar, a traseira a viatura, com o "70" de velocidade máxima.

Continue lendo...

2.º aniversário Rodas de Viriato


É verdade, este blogue completa hoje 2 anos de existência!
----------------------------------------------------------------
Hoje, 753 "postes" depois, a maioria dos objectivos propostos foram atingidos.
Hoje posso dizer que o RDV (abreviatura de Rodas de Viriato) é um arquivo vivo, onde muito tenho aprendido, mas também partilhado.
Hoje penso em todos aqueles que partilham o que sabem (seja em livros, revistas, filmes, na Internet...), convicto de que o saber é uma riqueza de valor incalculável - e que este é o caminho pelo qual pretendo continuar.
Hoje este blogue é como uma revista on-line - gratuita e de acesso livre (digo isto porque por mês são publicados cerca de 30 artigos, que se fossem passados para papel, dariam 30 páginas - tendo em conta a especificidade da temática, seria o suficiente para editar uma revista, só bastavam mais uns "pós"...).
Hoje temos na Internet um bastião da memória, da arqueologia industrial e também da cultura portuguesa.

Por isso vamos comemorar!
----------------------------------------------------------------
Durante uma semana, de 21 a 28 de Outubro, vamos comemorar este facto com dois artigos ("post´s") por dia. Entre eles haverá vários exclusivos. Fiquem atentos!

Continue lendo...