2008/09/30

Sado 550 na Feira de col. e do veículo antigo (parte 1/2)


Continuando a reportagem sobre as "rodas nacionais" presentes na Feira de coleccionismo e do veículo antigo, aqui ficam uma série de fotografias de um Sado 550 que pertence a José Megre.

Este exemplar estava datado de 1972, mas tal deve-se certamente a uma gralha, pois o veículo deverá ser de 1982.

Na folha que identificava este Sado 550, podíamos ler que o este mini automóvel foi "idealizado por uma equipa de técnicos do Entreposto Comercial entre eles Manuel Romão, Nery de Oliveira, Carlos Galamba (design da carroçaria), Reis Thomaz (fabrico e desenvolvimento) e José Megre".

Na mesma folha é ainda referido que: "O projecto começou com um motor de 50 cc da Casal, depois 125 cc, a seguir um 360 cc da Yamaha e finalmente um 550 cc a quatro tempos da Daihatsu".

Para terminar, resta referir que a informação de que foram feitos e vendidos 1500 automóveis Sado 550 ainda não está clarificada, pois há quem diga que foram feitos 500 e há quem diga que foram feitos 1500.

Continue lendo...

2008/09/29

UMM Alter Longo em passeio turístico

.
Mais uma colaboração de Miguel Silva Machado (muito obrigado pelo envio continuo de informações e fotografias!), desta vez é sobre um jipe UMM dos que fazem passeios turísticos em Sintra.
O UMM Alter longo com capota de lona da imagem, tem capacidade para 8 passageiros na parte de trás, mais 1 passageiro no lugar junto do condutor. É um verdadeiro mini-bus 4x4!

Saber mais sobre passeios turísticos em Sintra num UMM:
- Extremo Ambiente - turismoactivo.pt

Continue lendo...

2008/09/28

Motalli Invacar - Folheto publicitário


Mais um exclusivo internetiano, um panfleto ao Motalli Invacar, veículo conhecido por permitir a deslocação de pessoas com problemas de locomoção.
Este triciclo teve evolução ao longo dos tempos, tendo já aqui mostrado a versão mais recente.
O texto do panfleto demonstra as preocupações tidas em consideração com a concepção do veículo:
- "Cadeira com encosto almofadada em pergamóide";
- "Acesso fácil com resguardo móvel";
- "Caixa de velocidades: com 3 velocidades, sincronizadas, servidas por engrenagens de precisão, em aço temperado, com comando ao punho".
Reparem que os cantos do encosto do banco têm um espaço que permite a colocação de uma mão - espaço este que facilita os movimentos necessários para entrar e sair do veículo.

Este triciclo era distribuído pela Motali - Motores e Veículos Nacionais, Limitada, empresa com sede no Porto e com filial em Lisboa. Estava equipado com motor P3-48-KSV, monocilíndrico, a dois tempos, arrefecido por turbina e tinha 48 cc.
Não sei se a opção da empresa em fabricar este tipo de veículos era meramente comercial ou se estava relacionada (inicialmente) com a necessidade de alguém próximo (familiar, amigo...). Só sei é que é numa altura em que não havia entidades ou leis que se preocupassem com quem era diferente, havia quem o fizesse.

Muito obrigado ao Sr. Manuel pela oferta do panfleto!

Continue lendo...

2008/09/27

Berliet Tramagal militar com lona na caixa de carga


Mais duas fotografias enviadas por Daniel Carvalho (mais uma vez muito obrigado pela colaboração!), desta vez são de um camião Berliet Tramagal militar, com lona na caixa de carga e de um "não-rodas-nacionais" Pontiac (?).

Este veículo está Regimento de Manutenção, aguardando restauro.

Continue lendo...

2008/09/26

UMM 4x4 Cournil curto - Feira de col. e do veículo antigo


Continuando a apresentação dos veículos com "rodas nacionais" que estiveram na Feira de coleccionismo e do veículo antigo, apresentamos hoje o raro UMM 4x4 Cournil Curto (modelo Randonneur 4X4 Diesel).

Este modelo estava identificado como sendo de 1981 e numa folha com as características deste veículo era referido que era um dos primeiros UMM Cournil feito pela UMM, dos quais só 5 tinham sido terminados. Na revista Turbo n.º 3, de Dezembro de 1981 aparece um "irmão" deste UMM, com a matrícula HZ-03-24. As imagens dessa revista servem de comparação entre ambos os exemplares.

Na revista Turbo referida, é dito que o UMM "na versão curta, por enquanto ainda experimental, revela uma extraordinária capacidade para vencer obstáculos muito difíceis".

Este UMM 4x4 Cournil é apelidado de "curto" porque é mais pequeno no comprimento e na distância entre eixos, quando comparado com os outros UMM Cournil "normais".

No exemplar em exposição havia alguns pormenores que provavelmente não são de origem. Seguindo novamente as imagens existentes na revista Turbo já referida, podemos dizer que os farolins dos "piscas" deveriam ser redondos, as jantes e os pneumáticos também seriam outros, bem como os espelhos retrovisores (deveriam de ter a haste fina) e os bancos do condutor e do passageiro não teriam encosto para a cabeça. Nada que não se resolva com facilidade caso se confirme o que é referido.

Brevemente publicaremos fotografias do "irmão" HZ-03-24 que esteve em exposição durante o último evento Caramulo Motorfestival.
Há ainda um outro "irmão", com a matrícula HZ-03-21, que aparece regularmente em encontros da marca (aparentemente ainda é o exemplar mais próximo do que é idealizado).

Continue lendo...

2008/09/25

EFS Cross - Catálogo


Mais um modelo de motorizada EFS retirado do catálogo de ciclomotores EFS.
Trata-se do modelo Cross, modelo que podia ser também equipado com bateria e piscas.


Muito obrigado ao Sr. Manuel por permitir o acesso ao catálogo!

Continue lendo...

2008/09/24

Debulhadora Tramagal - Feira de coleccionismo e do veículo antigo


Esta debulhadora Tramagal estava à entrada da Feira de coleccionismo e do veículo antigo e faz parte da colecção de máquinas e alfaias agrícolas de José Megre.

Continue lendo...

2008/09/23

Bébécar - Brinquedo infantil - Parte 2/2


Hoje concluímos a série de fotografias do brinquedo Bébécar de que já aqui falámos.

Desta vez focamos especialmente a nossa atenção em pormenores, como por exemplo os punhos do volante...

Nas rodinhas para ajudar a manter o equilíbrio e que estão colocadas na parte de trás do brinquedo...

E também no selim, que é a única parte deste veículo que levanta algumas suspeitas de não ser original, pois o parafuso que o prende ao quadro era maior do que o espaço onde encaixava e há ainda vestígios de uma anilha (em falta) que prendeu o selim ao quadro. Alguém pode clarificar a questão?

E a terminar, uma vista da parte traseira, onde um plástico branco simula um farolim.

Mais uma vez um muito obrigado a Manuel Leitão por permitir que o brinquedo fosse fotografado e aqui mostrado.

Continue lendo...

2008/09/22

Feira de coleccionismo e do veículo antigo - Set.' 08


Foi na aldeia de Águas, perto de Penamacor, que teve lugar no último fim-de-semana a Feira de coleccionismo e do veículo antigo, organizada por José Megre (Clube Aventura - Megre Motorsport). Para além de podermos ver José Megre (na imagem anterior a falar para um equipa de televisão, junto do seu UMM Cournil de competição), podia-se ver muitas "rodas nacionais" e elementos a elas ligados.

Durante os próximos tempos iremos mostrar aqui um pouco do que foi este evento. Na imagem anterior, um cartaz da UMM relativo à participação no rally Paris-Dakar e que estava à venda por uma quantia considerável (400 euros).

Um Sado 550 e uma Datsun Sado...

E publicações...

Continue lendo...

2008/09/21

Folheto publicitário Casal K 260


Aqui está a prova de que a indústria nacional de duas rodas não fez só motorizadas de 50 cc.
Este é um panfleto da "motocicleta Casal - Modelo K 260 - ano 1970", com 125 cc.

Tinha 123,6 cm3, com 12 cv de potência a 7.000 rpm, motor a 2 tempos, arranque por alavanca, quadro em tubo de aço, carroçaria de alumínio injectado, suspensão hidráulica à frente por forqueta telescópica e atrás por braço oscilante, travões de cubo de alumínio, 120 kg de peso, 1,90 m de comprimento máximo, 98 cm de altura e 120 km/h de velocidade máxima.

Este panfleto da Casal é uma peça curiosa, com fotografias a cores e com modelos femininos.

Muito obrigado ao Sr. Manuel por permitir o acesso ao catálogo!

Continue lendo...

2008/09/20

UMM Alter em missão em Angola


Devagar, mas de forma cadente, este blogue vai ficando um reportório considerável das "rodas nacionais" e das diferentes utilizações que as mesmas tiveram. Hoje apresentamos mais um importante documento histórico que nos foi enviado por Miguel Silva Machado (e mais uma vez digo: Muito obrigado pelas fotografias, pelas informações e pelos link´s!).
Estes UMM Alter estiveram em missão em África, mais concretamente "em Angola, em 1997. Pertenciam a unidades do Exército Português que estavam empenhadas na missão MONUA (UNITED NATIONS OBSERVER MISSION IN ANGOLA) das Nações Unidas. Nesta altura Portugal mantinha em Angola, neste âmbito, a Companhia de Transmissões n.º 5, a Companhia Logística n.º 6 e o Destacamento Sanitário n.º 7, todo do Exército, sendo que neste último prestavam serviço militares da Força Aérea. Antes na UNAVEM III já haviam servido a Companhia de Transmissões e a de Logística".

Para quem tiver interesse em saber mais sobre estas missões, poderá consultar os link´s sugeridos:
- UNITED NATIONS OBSERVER MISSION IN ANGOLA - MONUA - Site oficial das Nações Unidas
- Angola - UNAVEM III - Site oficial das Nações Unidas

Continue lendo...

2008/09/19

Triciclo de venda ambulante de gelados


Diziam que este ia ser o Verão mais quente dos últimos não-sei-quantos anos, mas pelos vistos não foi. Dizem que a actividade humana está a fazer com que o planeta fique mais quente. Por esse motivo o melhor é comprar não-sei-o-quê que assim o planeta já não fica tão quente... Espera aí!... Mas se o planeta aquece, é (em parte) devido ao consumo exagerado. Então porque não deixar de consumir e ficar só com o que temos?

Aqui está uma teoria, como tantas, que nada mais pretende do que salvaguardar os interesses próprios. Neste caso apresento um triciclo que, segundo o que me disseram, "é do Ernesto, da Ameixoeira, já faliu...".
À conta de vários factores, como os da teoria do "toma lá isto que isto é que é bom e resolve-te os problemas todos", cada vez vai sendo mais difícil ver exemplares destes ao vivo.
E para terminar pergunto-me: Será que quem restaurar um triciclo destes, quando for a um encontro de motorizadas antigas, irá vender gelados?...

Continue lendo...

2008/09/18

Portaro 320 Campina - Azul


Nas fotografias que nos foram enviadas por Olhorobot (mais uma vez muito obrigado pela colaboração!) temos um Portaro 320 Campina. Este jipe nacional era capaz de transportar até 1300 kg de carga e 3 passageiros.

O Portaro 320 Campina pretendia ser uma "solução ideal para transportes difíceis mas económicos". Uma realidade que, fazendo fé nas imagens, se mantém 30 anos depois!

Continue lendo...

2008/09/17

Vagão tremonhas minerais - Metalsines - Visto de cima


Metalsines - Falls - Série 668 7 000
Mais uma imagem para juntar às outras e especialmente útil para os amantes de modelismo ferroviário.

Continue lendo...

2008/09/16

Pandur II 8x8 na Revista do Exército


Depois de apresentarmos o artigo Chaimite no Jornal do Exército publicado na revista referida, apresentamos outro artigo escrito por Miguel Silva Machado intitulado "Pandur II 8x8" (mais uma vez obrigado pela colaboração!) e também ele publicado na Revista do Exército.

O artigo fala das novas viaturas Pandur II 8x8 e da formação que o Exército está a receber para as utilizar. Para ver melhor o texto do artigo, basta carregar nas imagens (que elas ficam maiores). Depois é só fazer "retroceder" e passar a outra imagem.
Ainda assim destacamos algumas informações pela sua importância.

Estas viaturas de transporte de pessoal estão equipadas com novos sistemas que exigem a formação adequada de quem as utiliza, de modo a tirar proveito de todas as suas capacidades. Note-se que estas viaturas vão substituir as Chaimites, fabricadas no final da década de 60 e no início da década de 70.

Pelo artigo ficamos a saber que é a primeira vez que esta viatura vai ser utilizada (a nível mundial), pelo que os contactos com a Fabrequipa (Barreiro - Portugal) e a Styer (Áustria) são regulares de modo a que se melhorem aspectos não previstos que poderão trazer problemas em futuras utilizações caso não sejam resolvidos.

O Exército receberá 240 unidades Pandur II enquanto que a Marinha (Fuzileiros) receberá 20 unidades.

Na formação serão utilizados simuladores virtuais, criados pela Empordef - Tecnologias e Informação.

Pelo relatado, quem tem a experiência de lidar fisicamente com estas viaturas está a gostar e é de opinião que as mesmas estarão ao nível do melhor realizado internacionalmente! Para além de ser cómoda e segura.

Sendo um veículo todo-o-terreno, está equipado com um sistema de ajuste da pressão dos pneus que permite a adequação dos pneus ao terreno em que se circula.

Há ainda uma série de sistemas inovadores destinados à conservação da integridade da viatura e do pessoal que nela viaja - protecção NBQ, supressão de incêndio, detecção de possível ataque...

Pelo exposto, podemos dizer que o fabrico destas viaturas será uma mais valia para o Exército e para o país, bem como poderá ser a base de lançamento para outros projectos com concepção nacional.

Continue lendo...